Deep Learning: A Arte de Ensinar aos Computadores.

Muitos outros blogs já falam sobre a diferença entre o Machine Learning e Deep Learning, então esse não é o foco deste post. Aqui vamos falar de Deep Learning em especifico e porquê você deveria aprender. Vamos lá!

Sua reação ao ler esse paragrafo.

Eu fiquei pensando sobre o que escrever nesse texto enquanto assistia esse TED sobre Deep Learning. Bem, o Deep Learning é a arte de ensinar os computadores e isso é incrível! Porque se você puder ensinar ao computador se o personagem que está na imagem é Homer ou o Bart, como eu fiz nesse projeto, um dia você poderá fazer um programa de computador que faz um outro programa e, talvez, este programa faça um programa mais inteligente que nós. Essa frase ficou fera, não?!

Agora fiz você ficar louco, sim? Bom, relaxar! Eu só disse isso para você refletir sobre esse caso. Não entre em pânico! Vamos voltar ao que interessa. Quando o AlphaGo (Google) foi desenvolvido, provavelmente os engenheiros do projeto não sabiam jogar Go, eles apenas conheciam programação e Deep Learning. Com isso, a principal ideia é: Eles apenas passam as regras para o algoritmo de Deep Learning e ele faz o resto. Como? Bom, ele treinando consigo mesmo para melhorar. É muito simples.

Para saber mais clique aqui.

Na mesma ideia nos podemos citar o Deep Blue, que foi desenvolvido pela IBM e ganhou do maior campeão de xadrez da Terra, o lendário Garry Kasparov.

Isso me fez pensar sobre o quão importante é a pessoa aprender essa técnica de AI maravilhosa.

Andrew Wiles, matemático responsável pela solução do “Ultimo Teorema de Fermat”, ao lado dele está o próprio teorema.

Suponha que você tenha um problema de matemática muito difícil, e que na teoria é impossível de ser resolvido, um exemplo seria o tão famoso “Último Teorema de Fermat” que foi resolvido depois de mais de 300 anos pelo matemático Andrew Wiles.

No campo das hipóteses eu poderia simplesmente passar todos axiomas matemáticos válidos e o computador resolveria o problema pra mim, futurista demais? Talvez. Mas algo que pode ser real.

Isso se expande para qualquer área que você possa imaginar e quanto mais pessoas de áreas diferentes ajudarem nessa revolução, mais rápido o ser humano pode evoluir.

Eu sei que posso estar sendo otimista e falando como se Deep Learning fosse conceitualmente fácil ou se não tivesse uma matemática gigantesca por trás, da onde você pode saber o que de matemática você precisa para aprender clicando aqui.

Contudo uma coisa que temos que aprender e que é para ontem é que essa revolução vá acontecer, e já está até acontecendo em alguns casos, precisamos de mais mentes pensantes por trás, afinal para desenvolver novas mentes precisamos de grandes mentes. (Profundo, não?)

Para acessar o livro grátis clique aqui.

Essa foi minha reflexão e minha ideia: vamos estudar Deep Learning e ensinar as máquina a aprender e, quem sabe assim, fazer um mundo melhor. Existem cursos online no Coursera, Udacity e Edx (que não me paga, mas sempre falo deles aqui de graça, pois são muito bons) que são muito bons e que todos deveriam estudar. Apesar de eles serem pagos você pode fazer como ouvinte, afinal o que importa é o conhecimento, não o certificado. Também tem livros como o do Ian Goodfellow que é excepcional nesse assunto e aborda desde a matemática até o Deep Learning em si, entre muitos outros.

Para mais contato comigo me adiciona no LinkedIn e me dê um feedback sobre seus estudos, quem sabe não podemos trocar uma ideia. Todo feedback educado será bem vindo. Até mais!