#125 Desacelerar pra retomar o controle

Final do dia, cansado após mais um sábado de trabalho, comecei a pensar em como aproveitar o feriado.

De repente me dei conta de que o feriado já tinha praticamente acabado. Como assim o feriado tá chegando ao fim e eu nem lembro direito como chegamos até aqui?

Pois essa é uma das angústias mais comuns do nosso tempo. A aparente falta de controle sobre a velocidade dos acontecimentos. Parece que somos forçados a nos mover cada vez mais rápido sob pena de deixar algo importante passar batido.

Equilíbrio é a palavra que me vem a mente nesse momento. É verdade que o ritmo dessa nossa época é cada vez mais acelerado e precisamos nos adaptar pra nos mantermos no jogo.

Mas se chegamos ao ponto de não estar por inteiro no momento presente, algo está muito errado.

Pisar no freio, diminuir o ritmo, pode ser a decisão mais equilibrada a ser tomada. Não precisamos estar em todos os lugares e fazer tudo ao mesmo tempo. Isso não é ser produtivo.

Essa nossa vontade de querer acompanhar tudo pode causar o efeito contrário de nos deixar mais perdidos e mais ansiosos.

Pra garantir que estamos no rumo certo e retomar o controle, é necessário desacelerar. Sair do piloto automático, que nos dias de hoje tá configurado numa velocidade super alta.

Foi o que aconteceu comigo. Passei o feriado em piloto automático e acordei no final do percurso.

É hora de retomar o controle.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.