#167 Sociedade e Amizade

Meus sócios são meus amigos de infância.

Confesso não saber onde nos encaixamos naquela coisa de “amigos amigos, negócios a parte”. A gente sabe que não dá pra misturar as coisas, ao mesmo tempo admitimos que isso é meio impossível. E assim a gente vai levando.

A única regra explícita é: Aconteça o que acontecer, nosso “pote” da amizade vai tá sempre separado, intocável.

O pote dos negócios — que tem um pouco da amizade misturada — vai ser revirado de ponta a cabeça. Ingredientes vão entrar e sair do pote, a mistura vai azedar, adoçar, e a gente vai seguir tentando achar a receita ideal.

O da amizade não. Esse a receita ta pronta.

Mas não é tão simples.

É como se as vezes esquecêssemos de fechar a tampa do pote da amizade e ele acabasse recebendo algum respingo do pote dos negócios quando esse é revirado.

Essa foi uma semana difícil. Talvez seja preciso comprar um cofre pra guardar o pote da amizade. Qualquer descuido e corremos o risco de misturar as receitas.

Felizmente não foi dessa vez. Que sirva de lição.

A receita do pote da amizade ta pronta. É deliciosa, não pode mexer. É só saborear.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.