#30 Fazer algo novo todo dia

Tenho ideias de escrever sobre vários assuntos. Mas quando paro aqui pra escrever, é angustiante e frustrante quando não consigo organizar essas ideias pra fazer um texto mais elaborado.

To curtindo o desafio de escrever todo dia, mas sinto a falta de um espaço maior pra trabalhar mais numa ideia que quero escrever.

Tenho vários assuntos, ideias, devaneios que gostaria de colocar num texto. Mas sinto que preciso de um motivo pra escrever sobre esses devaneios e viajar com meus pensamentos nesse determinado assunto.

Parece que falta alguma coisa simplesmente chegar aqui todo dia e publicar qualquer texto, acho que perde autenticidade.

Como leio muito, sinto que tenho muita coisa guardada na cabeça. Tenho muitos inputs e até mesmo conexões entre esses inputs. Mas de novo, pra transformar esses inputs e essas já conexões feitas em outputs em forma de texto, sinto que preciso de uma conexão com algo externo, com alguma vivência.

Já dei uma viajada né…

Afinal o que isso tem a ver com fazer algo novo todo dia?

Como to nesse desafio de escrever rigorosamente todo dia, uma solução que me veio a mente pra acabar com esse problema de não saber sobre o que escrever, é conectar minhas ideias de textos com alguma experiência que tive no dia.

Sei que isso soa óbvio, aliás esse sempre foi meio que o meu objetivo aqui. Mas vivendo naquela rotina do dia a dia, acabamos entrando na zona de conforto e não experimentamos nada de novo ou relevante diariamente.

Ou simplesmente não prestamos atenção a certos detalhes que são cotidianos, corriqueiros mas olhando com um olhar diferente podem nos ensinar algo.

Me forçando a fazer algo novo todo dia, estarei me empurrando pra fora da zona de conforto, e vivendo experiências novas que podem conectar com um daqueles inputs que tenho guardado, além de gerar novos.

Então, lição do dia:

Procurar sempre viver uma experiência nova todo dia, simples, mas nova.

E procurar prestar atenção com um olhar diferente nas atividades, encontros e momentos mais triviais do dia a dia, pois mesmo ali, boas lições podem ser tiradas.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.