Alunos da UFPR se posicionam contra a nova resolução do CEPE

Publicada em 18 de dezembro de 2015, a nova resolução estabelece novas normas para o cancelamento de matrículas

Reportagem: Gabriela Wegner| Edição: Arthur Henrique
DCE se diz insatisfeito com nova medida (Foto: Divulgação)

Uma resolução publicada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), da Universidade Federal do Paraná, estabeleceu novas normas para o cancelamento de matrículas dos universitários. A resolução 96/15-CEPE determina que terão seu registro acadêmico cancelado, caracterizado como abandono de curso, alunos com desempenho acadêmico insuficiente, reprovação por frequência e ultrapassagem do prazo máximo de integralização curricular, tanto nos cursos de Graduação, quanto na Educação Profissional e Tecnológica da Universidade.

Publicada em 18 dezembro de 2015, a resolução entrou em vigor no dia de sua publicação, e altera alguns dispositivos da resolução 37/97-CEPE. Porém, os pontos que estão causando maior discordância se encontram no artigo 4º, que determina o cancelamento de matrículas nas seguintes situações: alunos que tiverem pelo menos três reprovações em disciplinas distintas no período, duas reprovações na mesma disciplina sendo uma por frequência, quatro ou mais reprovações pendentes em disciplinas obrigatórias distintas,e acumularem três reprovações na mesma disciplina ou ultrapassarem o prazo da periodização recomendada para integralização do curso.

A gestão “Nós Não Vamos Pagar Nada”, do Diretório Central Estudantil (DCE), em entrevista para o Jornal Comunicação, se posicionou contra a resolução: ”A gestão é contrária à aprovação e à homologação da Resolução 96/15 por entender que fere o direito à permanência estudantil na Universidade, além de culpabilizar e punir os estudantes por condições de vida e condições de ensino e de estrutura na Universidade que não favorecem sua permanência em seus cursos.”

Em ato contrário à resolução, a atual gestão do DCE convocou todos os estudantes para a I Assembleia Geral Estudantil da UFPR, que será realizada no dia 25 de fevereiro, às 18 horas, no Teatro da Reitoria (Rua XV de Novembro, 1299 — Centro. Curitiba, Paraná). O DCE ressalta a importância da pauta discutida e da participação de todos os alunos. Todos os universitários têm direito ao voto, e, para que estejam aptos a votar, é necessária a apresentação de RG e carteirinha de estudante ou comprovante de matrícula na entrada do evento.

O Jornal Comunicação entrou em contato com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), mas não obteve resposta a respeito de seu posicionamento.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Jorlab’s story.