Ocorre nesta sexta-feira ato contra a resolução 96/15

Reportagem: Kethelyn Brito

O ato contra a resolução 96/15 acontece amanhã no pátio da reitoria da UFPR a partir das 8h, enquanto a reunião da CEPE acontece para votar e discutir o projeto. O encontro dos estudantes busca colocar pressão na reitoria para a que o projeto não seja aprovado.

Um dos principais pontos que fazem a resolução 96/15 ser considerada um retrocesso pelos alunos são as novas regras para a permanência estudantil na universidade. Segundo a resolução os alunos terão suas matrículas canceladas quando reprovarem no minimo “3 (três) vezes em duas disciplinas distintas e/ou suas equivalentes, independente de ser por nota ou frequência”. As matrículas também poderão ser canceladas se o aluno não obtiver tempo para concluir o curso dentro do prazo máximo estabelecido pelo PPC — Projeto Pedagógico do Curso ao qual o aluno está vinculado.

A resolução surgiu em 2015 em uma reunião da CEPE — CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, e retornou novamente em fevereiro de 2016 para discussão. O movimento estudantil conseguiu que a sessão de votação fosse suspensa por meio de atos, passagens em sala, confecção de cartazes na universidade, reuniões do DCE e assembleias para debater a proposta.

Serviço

Ato contra a Resolução 96/15

23 de setembro, a partir das 8h

Local: Pátio na Reitoria da UFPR

Mais Informações: Evento no Facebook, Resolução 96/15

Like what you read? Give Jorlab a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.