Rondonistas da Univás tem dias de trabalho e aprendizado no Pantanal

Acadêmicos e professores da Universidade do Vale do Sapucaí (Univás), que formam a equipe 2018 do Projeto Rondon, viveram dias de muito trabalho e aprendizagem na cidade de Terenos (MS), onde desenvolveram diversas oficinas nas áreas de cultura, direitos humanos, justiça, saúde, educação, comunicação, meio ambiente.

A Operação Pantanal foi realizada de 6 a 22 de julho com participação da Univás, que é a única Universidade particular selecionada nos últimos anos para participar do Projeto Rondon.

Neste ano, as professoras Maria Inês Bustamante, do curso de Psicologia e Rita de Cássia Pereira, do curso de Enfermagem, acompanharam os oito acadêmicos selecionados.

Projeto Rondon

O Projeto Rondon proporciona aos acadêmicos da Univás, entre outras coisas, a oportunidade de interagir com as comunidades carentes. Com a iniciativa, os universitários podem socializar o conhecimento adquirido e sugerir soluções inovadoras às comunidades.

O pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da Univás, Antônio Homero Rocha de Toledo explica que Projeto Rondon, coordenado pelo Ministério da Defesa, tem como objetivo a integração social, que envolve a participação voluntária de estudantes universitários na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e ampliem o bem-estar da população.