Univás comemora 50 anos com respeito ao passado e visão para o futuro

A noite do dia 26 de junho foi muito especial com a comemoração dos 50 anos da Universidade do Vale do Sapucaí (Univás) realizada em sessão solene no Anfiteatro da Unidade Central. Durante o evento, professores que fizeram e fazem parte da história cinquentenária da instituição foram homenageados.

Carlos de Barros Laraia, Eliás Kallás, Elísio Meireles de Miranda, Gabriel Meireles de Miranda, Maria Aparecida Silva Mariosa e Virgínio Cândido Tosta de Souza, fizeram seus depoimentos em vídeos emocionantes e receberam placas alusivas à comemoração de acadêmicos da Univás.

O reitor da Univás, Antonio Carlos Aguiar Brandão, presidiu a sessão solene, ao lado da presidente interina da Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS), Andréa Silva Adão Reis, pró-reitores, diretores e autoridades locais. No final todos acompanharam um lindo vídeo institucional, que marca os 50 anos da Univás. Também foi lançado o selo comemorativo dos 50 anos.

Sobre Univás

É certo que Pouso Alegre é conhecida e reconhecida atualmente como um grande centro de educação e saúde mas jamais chegaria a esse patamar se não fossem as lutas incansáveis de pessoas que não mediram esforços para conquistar para o município a Universidade do Vale do Sapucaí (Univás), que comemora neste anos 50 anos de existência.

Nesses 50 anos, a Univás elevou a qualidade de ensino na cidade e região, formando mais de 10 mil profissionais. Desde que foi criada, a Univás possui uma preocupação social enorme e, por isso, está totalmente sintonizada com o mercado de trabalho no Sul de Minas.

O elo criado com a comunidade local é surpreendente e tem como grande diferencial o ensino oferecido pela Univás na área de saúde, que conta com um Hospital Universitário que é referência para 54 cidades do Sul de Minas. Só para destacar, o Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), que passou a ser Hospital Escola em 1975, atende inacreditavelmente uma população estimada em mais de 2 milhões e 600 mil pessoas.

Tudo começou com a criação da Fundação Universidade do Vale do Sapucaí (FUVS) em 1964, criada para gerir os futuros cursos de formação superior aqui no município.

A implantação do curso de Medicina só veio em 1968, encabeçada pelos saudosos idealizadores Dom José D’Ângelo Neto e Jésus Ribeiro Pires e o apoio do comandante da divisão militar do exército de Pouso Alegre, general Newton Cruz. Outra figura vital para criação do curso de Medicina foi o professor Dr. Virgínio Cândido Tosta de Souza.

Há 50 anos atrás, em 1968, a FUVS recebeu a autorização para a criação da Faculdade de Ciências Médicas Dr. José Antônio Garcia Coutinho (Facimpa), que iniciou suas atividades no ano de 1969.

Após a autorização, as obras começaram em ritmo acelerado no terreno doado pela família pousoalegrense de sobrenome Paula na avenida Alfredo Custódio de Paula. A Faculdade iniciou suas aulas com cinco cômodos e o primeiro vestibular, com 70 vagas, foi realizado na Faculdade de Direito no início de 1969.

Nos anos 70, Dr. Jésus Ribeiro Pires formou um timaço de médicos professores para atuar no curso, entre eles Alcides Mosconi, Virgínio Cândido Tosta, Carlos de Barros Laraia, Elias Kallás, Sebastião Jupiaçara Guimarães, José Carlos Correa, Leda Marques Ribeiro, Gabriel Meirelles de Miranda e Elísio Meirelles de Miranda, entre outros.

Fafiep

Para atender às necessidades de formação profissional do sul de Minas, a Fuvs criou em 1972, a Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Eugênio Pacelli (Fafiep).

A princípio foram implantados os cursos de Pedagogia, História, Letras e Ciências Biológicas e aulas eram ministradas no Colégio São José. Com a ideia da criação da Universidade surgindo, as autoridades começaram a procurar um novo local para alocar novos cursos e adquiriram das Irmãs Dorotéias o espaço onde funciona hoje a Unidade Fátima da Univás.

Univás

No dia 19 de outubro 1999, foi realizada a solenidade de descerramento da placa comemorativa da criação da Universidade e posse do primeiro reitor, o médico e professor, Elísio Meirelles de Miranda. A recém criada Universidade de Pouso Alegre teve seu nome adaptado para Universidade do Vale do Sapucaí (Univás) em 2001, para nortear sua vocação plural de atendimento à sociedade, para além das fronteiras físicas de uma só localidade.

A Universidade ganha cada vez mais espaço oferecendo educação nos níveis de Graduação e Pós-Graduação.

Na comemoração desses 50 anos, a Univás renova a missão de atender à comunidade, estabelecendo metas seguras de crescimento e ampliação para a oferta de educação inovadora de qualidade.