A teoria de JTBD explica a evolução humana?

Pedro Vargas
Feb 4, 2019 · 3 min read

Há algumas semanas voltei de um compromisso bem reflexivo sobre a vida. Coisa normal que fazemos no dia a dia, pegando um ônibus, saindo do trabalho ou indo ao mercado na esquina. A questão é que eu estava num dia onde minha vibração workaholic estava maior que o normal. Quem nunca?

Comecei a refletir sobre como as pessoas sempre arranjaram um jeito de evoluir suas maneiras de lidar com a vida. O cenário do entretenimento não é mais o mesmo que antes, andar de carro hoje não é como no passado, esquentar seu almoço não é igual ao que nossos ancestrais faziam.

Image for post
Image for post
Photo by Jason Wong on Unsplash

O que isso relaciona com o meu trabalho? Aí eu te conto… Atualmente eu aplico a teoria de Jobs-to-be-done (JTBD), conhecida por alguns como a “teoria do progresso”. Faço isso na Nuvem Shop (B2B) e o meu desafio semanal (pra não dizer diário) é entender como as pessoas estão lidando com nosso produto no dia a dia:

  • Que necessidade elas querem satisfazer?
  • Que progresso elas querem para seus negócios?
  • De que forma elas faziam as mesmas ações que fazem hoje?
  • Como garantir que os serviços acompanhem esse progresso desejado?
  • O que levaria as pessoas a continuar consumindo nosso serviço? O que as levaria a abandoná-lo?

São essas (e outras) perguntas que a teoria de JTBD faz pra gente; claro, que de uma forma muito mais técnica e específica.

Mas a reflexão (ou viagem, rs) que eu proponho é:

Se a teoria de JTBD entende que as pessoas “contratam” produtos ou serviços para satisfazerem necessidades, as quais mudam com o tempo, seria essa uma forma de explicar a evolução humana?

Depois que eu fiquei com esse questionamento, comecei a pensar um pouco do que compartilhei antes aqui. Pra seguir nessa linha com você, vou colocar algumas ações que evoluíram com o tempo e que nós ainda demandamos mais avanços:

  • Assistir TV
  • Trocar mensagens instantâneas
  • Comercializar produtos e serviços
  • Fazer compras no supermercado
  • Cozinhar

Já parou pra colocar os pingos nos “is” e ver o quanto cada uma dessas tarefas teve que evoluir com o tempo para satisfazer nossas necessidades?

Ninguém quer ficar na fila do supermercado mais, porque precisa correr para buscar a filha no futebol. A mulher não pode e nem quer ficar refém da cozinha o tempo todo; um fogão não supre mais a demanda. O SMS caiu em desuso, porque as pessoas querem (algumas amam) enviar mensagens de áudio. Todo mundo já sabe o que é uma SmartTV e quer uma em casa. As pessoas veem no online um canal mais sustentável e rentável para vender, pois os aluguéis de pontos físicos é muito caro e é uma forma de ter um público maior.

Acho que isso explica muita coisa e mostra o quanto os seres humanos são incríveis. Por serem incríveis, buscam sempre o melhor, progredir, crescer.

Se não fosse o homem para bater uma pedra na outra, não teríamos o fogo. Se não fosse o homem para ficar cansado de bater uma pedra na outra, não teríamos a lasanha quentinha em menos de 15 minutos. Como a gente ia conseguir almoçar tão rápido por conta de uma reunião que nos espera?

Image for post
Image for post
Photo by Lindsay Henwood on Unsplash

Pra fechar, deixo você ainda mais instigado:

  • O que você precisa hoje que não precisava antes?
  • Você acredita que as empresas das quais é cliente hoje têm conhecimento sobre os progressos que você quer para sua vida?
  • O que seus clientes precisam hoje? O que eles querem alcançar? Que problemas eles tem necessidade de resolver? Por que?

Se eu te contar que tendo essas respostas você está [re]encontrando o caminho certo para seu negócio, você acredita?

Curtiu o conteúdo? Deixe seu e-mail pra receber novidades! 👇

Image for post
Image for post

Sua comunidade oficial sobre Jobs To Be Done no Brasil.

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store