Aventura #1

O que comer numa segunda de manhã?
Como comprar um chip no feriado?

Minha segunda manhã era uma calma e silenciosa manhã de feriado.
Eu acabei acordando cedo e saindo para a minha primeira aventura.
Eu realmente precisava comprar um SIM Chip, já que andar numa cidade estranha — onde é difícil encontrar pessoas que falem inglês — sem internet e sem comunicação, não ia dar certo por muito tempo!

Eu não conseguia achar nenhuma loja aberta onde eu pudesse comprar o tal chip, e como eu não tinha tomado café da manhã ainda, acabei numa GS25 comendo um kimbap triangular e um banana milk (a melhor bebida do universo). Frustrada com a minha falta de comunicação, eu entrei num café qualquer para roubar o wifi grátis por um tempinho, e aí pude procurar pelas lojas de celular pelas redondezas. The SIM Card que eu estava procurando, um pré-pago, normalmente é vendido em qualquer lojinha de conveniência, mas por falta de sorte, a primeira que entrei, sim, aquela do kimbap, o cara não entendeu nada do que eu estava falando, então eu só desisti e saí. A segunda que entrei não vendia o chip.

Eu continuei entrando em várias lojas de conveniência, uma por uma, perguntando sobre o maldito chip. Finalmente, uma vendedora muito amável me disse — “네, 이지 카드가 있습니다! 2마원입니다.” (Sim, nós temos o EG Card! Custa 20.000won.) Glória! Consegui finalmente! De alguma forma falei com ela em coreano e comprei o negócio. Ah, que sentimento glorioso. Quando eu saí, meu dia parecia até mais brilhante. hahaha


♪~ You were my clarity,
I swear, alone in a daydream
Yeah there was magic in the air
And you were right here beside me
Held down like an angel with no wings
I wanna fly again
I just can’t get you off my mind
And now I’m gonna be up all night~
Up all night — Owl City


Depois disso, tive que fazer o celular funcionar. Entrei num café para ler o manual e entender como era o procedimento. Já que eu estava em Hongdae, fui no maravilhoso 카페 꼼마 [Cafe Comma] uma cafeteria/biblioteca/bookstore. O melhor lugar que eu podia estar. Pedi uma limonada — que aqui sempre tem gás — já que estava um calor infernal lá fora e fiquei tentando por mais de duas horas fazer o chip funcionar. Que negócio frustrante! Meu segundo stress diário. No manual dizia que era simples e rápido. Mentira! Pelo menos a limonda estava deliciosa, e a seleção musical perfeita.

Eu queria ter aproveitado mais esse lugar, já que tem essa imensidão de livros que eu tanto amo. Mas, com certeza, vou aproveitar em breve, já que estou estudando com afinco! 화이팅! [Força! Continue sempre.]

Like what you read? Give Karol Fields a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.