Como Emagrecer #2 — Vai Dar Certo

Quando percebi que o projeto emagrecimento tinha futuro…

Acredito que o primeiro mês foi fundamental para a continuação desse projeto de emagrecimento. As dores nos tornozelos sumiram, a dificuldade tinha diminuído, já começava a me sentir mais leve, etc.

Sabemos que as mudanças (ou pelo menos, a maioria delas) não são tão fáceis como parecem ser. Até porque, para emagrecer: Basta Querer! E isso é verdade. Basta querer. Mas, você está preparado (motivado o suficiente) para tocar o projeto?

Neste primeiro mês algo me deixou muito preocupado: Dores no joelho. Ou melhor dizendo, nos joelhos.

Era um misto de dor e incômodo. Parecia que tinha uma faca penetrando meus joelhos. Principalmente, no joelho esquerdo.

Certo dia, tive que interromper a corrida e voltar para casa porque o incômodo estava absurdo. Acabei descansando. Quando levantei, pudia escutar os estalos no joelho. Isso me deixou muito preocupado.

Sei que faltou um pouco de prudência. Não deveria ter imprimido um ritmo — até então — tão forte do nada. Afinal de contas, estava com mais de 130kg…

No fim do mês, o saldo parecia positivo. De fato, foi.

#Dados Importantes

  1. Corridas: Foram 15 corridas intercaladas.
  2. Distância: Cerca de 42,83km em um mês.
  3. Tempo: O tempo total — soma dos tempos das 15 corridas — 6h e 14min.
  4. Calorias: Cerca de 3800 calorias (dados informados pelo aplicativo Nike+).
  5. Peso: 4kg perdidos

Ebahhhh!!!! 4kg

Quase soltei fogos …

#Alimentação

Vou listar — pelo que lembro — alimentos que expulsei da minha vida naquele momento. Embora, alguns voltassem mais adiante:

  • Biscoito: Muito bom! Sem comentários. Porém, tive que abandonar.
  • Empanado: Mandei para o espaço! Quando vejo, não sinto a mínima vontade de sequer perto (rsrsrsr).
  • Cerveja: Muito bom socialmente. Foi assim que encarei até os dias atuais.
  • Feijão: De vez em quando.
  • Chocolate: Hum.. De vez em quando uma barra (ninguém é de ferro, neh?).
  • Macarrão Instantâneo: Exterminado! (rsrsrs).
  • Fiambre: abandonei por completo.
  • Queijo Amarelo: Um verdadeiro veneno.
  • Etc.

Introduzi alguns alimentos novos no meu cardápio. Alimentos que eu não consumia há tempos: Inhame, Aveia, Macaxeira, Salada, Frango grelhado, etc.

O açúcar foi um caso especial pelo de gostar muito de café (para não dizer meio que viciado). Então, dá para imaginar o quanto de açúcar deixei de consumir ao introduzir o adoçante em minha dieta neh?

#Sono

Sem comentários! Se tem algo que percebi dia pós dia (gradativamente) foi a melhora no sono. Embora, acordasse com uma sede absurda.

Foi um ganho e tanto em termos de qualidade. A melhora no sono era algo que almejava e muito.

#Roupa

Mais um motivo e tanto para comemorar: 3 peças de roupas começaram a me receber de braços abertos (rsrsrs).

#Comentários

As pessoas começaram a fazer comentários do tipo “O que está fazendo? Está mais magro”. Era nítida a mudança.

#Conclusão

Basicamente, o primeiro mês me mostrou resultados importantes e me fez refletir da seguinte maneira: Imaginei um ano depois…

E o que vi foi muito interessante! Naquele momento, percebi que tudo aquilo que vi era muito possível. Então, foi decisivo para que continuasse.

Falarei sobre ser Refém da Balança, planilha em Excel e um aplicativo contador de calorias e nutrientes (foi muito útil em boa parte dessa jornada) na próxima publicação.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.