Senadora contribui para privatização da Celg D

Parlamentar atuou, ao lado do governador Marconi Perillo e da secretária da Fazenda Ana Carla Abrão, junto a autoridades e órgãos federais para que a privatização acontecesse em boas condições para Goiás

A senadora Lúcia Vânia (PSB-GO) não apenas acompanhou de perto o processo de privatização da Celg D, como articulou, ao lado do governador Marconi Perillo e da secretária da Fazenda Ana Carla, junto a autoridades e órgãos federais para que a empresa fosse vendida e para que o negócio fosse positivo para Goiás.

A contribuição do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), para o sucesso da privatização foi, segundo Lúcia Vânia, fundamental. “Renan colaborou de uma forma imensurável. O estado de Goiás será sempre grato a ele”, frisa a senadora.

A Celg D foi arrematada em leilão pela italiana Enel por R$ 2,187 bilhões, superando expectativas, já que o preço mínimo estabelecido era de R$ 1,7 bilhão. Conseguiu, portanto, um bônus de 28,03%.

Com a participação do Senado, o Estado de Goiás adotou medidas para melhorar a situação patrimonial da Celg D e, desta forma, aumentou a atratividade da empresa no leilão do dia 30 de novembro.

Para a secretária da Fazenda de Goiás, Ana Carla Abrão, o êxito do leilão “é um marco que vai beneficiar o Estado de Goiás e a sociedade goiana. A Celg deixará de ser gargalo e passará a ser motor de desenvolvimento”, afirma.
A totalidade dos recursos provenientes da venda será destinada a investimentos em Goiás.
Like what you read? Give Senadora Lúcia Vânia a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.