Novos Versos


O coração se descompassa
Porém não pode parar
E no tempo que se passa
Tenho muito pra falar

Novos versos eu recito
Tal qual Shakespeare e sua rosa
Onde quer que eu tenha dito
Meu soneto não é prosa

Mas de que importa o nome?
Se no que eu digo há a emoção
Dos meus sentimentos dispersos

Os quais escrevo por paixão
Espalhado nos novos versos
Está o amor que nunca some

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.