Image for post
Image for post

LABootcamp: o pensar do design na prática — oficinas e workshops

João Victor Maciel
Feb 13 · 5 min read

Este texto é uma continuação sobre as semanas de design do 1° LABootcamp. Se você ainda não leu a primeira parte, clique aqui ;)

Durante o nosso primeiro bootcamp, realizamos oficinas e workshops práticos, e os participantes — de diferentes áreas e setores — colocaram a mão na massa em alguns processos de design. Nesse caso, escolhi as etapas de prototipação de ideias e de testes de usabilidade. Dá uma olhada como foi:

Oficina de prototipagem rápida

Image for post
Image for post

Por isso, na oficina foi apresentada a importância da prototipação e, principalmente, de fazê-la no papel, com todo o time, antes de qualquer linha de código. Poupando recursos e tempo. Com todo mundo alinhado sobre os processos que deveriam ser feitos, era a hora de fazer!

Em 3 times compostos por servidores, desenvolvedores, designers e estagiários; os grupos receberam um problema pré-determinado e, em dois tempos cronometrados, tiveram que discutir possibilidades, coletar informações com o facilitador, buscar referências e, claro, fechar o escopo de solução.

Os 3 problemas entregues aos participantes foram:

  • 1 — Os terceirizados da Câmara não conseguem ter controle sobre os horários do ponto eletrônico;
  • 2 — Jovens que moram sozinhos não conseguem se lembrar das datas de vencimento dos alimentos;
  • 3 — Os servidores da Câmara esquecem com frequência o papel que o estacionamento da Casa utiliza para controle interno de vagas e de roubos dos veículos.

Essa etapa inicial busca, de maneira rápida, pensar em ideias similares a um Mínimo Produto Viável (MVP), sem muitas funcionalidades além da principal.

Feita a ideia de solução, vamos prototipar! Para isso, cada grupo desenhou as telas da solução e usou a Marvel, plataforma colaborativa de design, para desenvolver os aplicativos. Lá, você tira foto do desenho e delimita onde o usuário poderá clicar, avançar e voltar. Escolhemos essa ferramenta por ser mais intuitiva e possibilitar a utilização dos desenhos já feitos.

E como ficaram as soluções?

Image for post
Image for post
Primeiro teste dos protótipos pelos grupos

Além de apresentarem soluções para os desafios, os 3 grupos também pensaram em funcionalidades que expandiam as ações do usuário, tornando-as mais assertivas às reais necessidades. Afinal, do que adiantaria registrar a validade dos produtos se o app não notificar o usuário quando estiver próximo do vencimento?

A métrica de verificação das soluções foi estabelecida de acordo com o entendimento do problema pelo usuário (não participante da oficina). Ou seja, se este usuário, sem nenhum conhecimento prévio, entendesse qual problema o app pretendia resolver, a solução foi efetiva. Por isso, apresentar um app de forma clara e objetiva é muito importante.

As 3 ideias conseguiram ser validadas e ficaram assim:

Problema 01 — “O iPonto é um aplicativo voltado a facilitar o registro das horas trabalhadas. Entre outros, permite que os trabalhadores registrem o ponto sem a necessidade de se deslocar fisicamente, além de não precisarem manter registros em papel para casos de falha do equipamento. Além disso, tem funcionalidades mais avançadas, como registro automático do ponto por localização e registro do horário de almoço”

Image for post
Image for post

Problema 02 — No "Vai vencer", o usuário deve tirar uma foto do código de barras do produto, que automaticamente puxaria as informações com o banco de dados, e inserir a data de validade. Dentro do app, duas listas serão apresentadas: a de itens a vencer e itens vencidos. Quando um produto estiver próximo do vencimento, a aplicação envia uma notificação ao usuário."

Problema 03 — O “e-Ticket” gera um QRcode para o motorista apresentar a uma catraca, dispensando a necessidade de papel físico e do segurança. Celular e carro estariam cadastrados no sistema para evitar burlas. Além do botão “e-Ticket”, o menu inicial ainda apresentaria as seguintes opções: “Meus veículos” “Vagas”, “Avisos” (ex. reforma ou fechamento na esplanada) e um “FAQ”.

Curtiu alguma dessas soluções? Conta para gente nos comentários!

Workshop de teste de usabilidade

Depois da prototipação, o teste de usabilidade é fundamental para verificar se o usuário (pertencente ao público-alvo) compreende a interface e a experiência, que pode ser projetada tanto em produtos digitais quanto em serviços.

Nesse workshop de 2 horas, apresentei a importância do teste, requisitos, estrutura, roteiro, tarefas, quantidade de participantes, e como o facilitador e os analisadores devem se portar durante a realização do teste.

Image for post
Image for post
Este passo a passo é da XXXXXXX

Com a visualização de todo o caminho, os participantes — entre servidores do LAB e externos, terceirizados e estagiários — foram divididos em 3 grupos e deveriam escolher um site não muito genérico e mapear as tarefas que um usuário neutro deveria realizar.

O resultado foi bem diverso. Entre os sites escolhidos, estão: a página de cursos do Centro de Formação da Câmara dos Deputados (CEFOR) e o DF no Ponto, portal com os trajetos e horários do sistema de transporte público do Distrito Federal.

Nesse workshop, o maior objetivo era apresentar a relevância dos testes de usabilidade, e foi interessante notar que, enquanto estávamos simulando o teste, os participantes debateram a usabilidade de cada site, apontando etapas do processo que foram puladas, como tarefas fáceis que não eram tão claras para o usuário.

Objetivo concluído com sucesso!

Fim

Uh, fim do texto. Se você chegou até aqui e teve alguma dúvida ou sugestão, manda para gente nos comentários ✌️ Até o próximo texto!

LABHacker

Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store