Alunas da Laboratória em São Paulo chegam em terceiro lugar em hackathon da NASA.

Daniella Almeida
Nov 1, 2018 · 2 min read

Nos dias 19, 20 e 21 de Outubro, três alunas da primeira geração brasileira da Laboratória — startup líder em inclusão de mulheres no setor de tecnologia latino-americano — participaram da edição paulistana do Space Apps Challenge, um hackathon de 48 horas de código organizado pela NASA que possui edições em 187 cidades ao redor de 70 países.

Iniciado em 2012, o Space Apps Challenge é, atualmente, o maior hackathon do mundo. O squad, formado por Juliana Augusta da Silva, Tathiana Emmanuelle e Ana Carolina Almeida, ficou em terceiro lugar e recebeu uma bolsa de 25% no bootcamp de aceleração de start ups do Founder Institute.

Selecionadas entre mais de 1000 inscrições para a edição ocorrida em São Paulo, as estudantes receberam o desafio: criar um produto digital capaz de exibir e analisar dados de maneira a comunicar descobertas interessantes e melhorar a compreensão pública do nosso planeta.

“Com esse desafio em mente, desenvolvemos a plataforma digital “NASA4YOU”, que extrai e organiza as informações do repositório da NASA através de integrações, gerando uma interface simples e amigável e transformando a experiência do usuário em uma jornada personalizada e atraente”, conta Juliana Augusta da Silva, 29.

Agora, as alunas da Laboratória e seus companheiros de equipe — o designer Bill Martinez e a administradora Paula Marques — disputam a etapa internacional do evento na categoria “O que o mundo precisa agora é?” junto aos vencedores da mesma categoria nas outras 186 cidades participantes. O squad vencedor, além do reconhecimento será premiado com uma viagem internacional, na qual poderão acompanhar o lançamento de uma nave espacial da NASA.

“Nós não tínhamos idéia de como funcionava a dinâmica de um hackathon tão grande. Foi uma experiência incrível e nosso squad trabalhou muito bem! A experiência do Bill e da Paula somaram muito para o time e aprendi muito durante todo o processo. Estamos muito felizes com o reconhecimento e ansiosos pela próxima etapa”, disse Ana Carolina Almeida, 26 anos.

A Laboratória tem Convocatória aberta para os Bootcamps de 2019 nos centros de formação São Paulo, Brasil; Santiago, Chile; Cidade do México e Guadalajara, México; As inscrições para São Paulo podem ser realizadas através do site até o dia 30/11 e o bootcamp acontece na região da Av. Paulista, nas instalações do IBMEC São Paulo, parceiro da Laboratória Brasil.

http://bit.ly/2yJ2WJA

Laboratoria

Talent that transforms

Daniella Almeida

Written by

Communications Manager for Laboratória based in São Paulo

Laboratoria

Talent that transforms

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade