Ms Marvel — Questões nada normais

Simples e sensacional

Não sou um conhecedor de HQs. Li uma coisa ou outra, e dentre elas o encadernado da nova Ms Marvel. HQ de 2014, e que coleciona prêmios por aí, conta a história da estudante Kamala Khan, uma estudante que muito admirava a Ms Marvel anterior e que por uma determinada ocasião acaba se tornando a própria. Foi a primeira heroína da Marvel de origem muçulmana e mostra uma série de conflitos e uma visão completamente diferente do que se vê normalmente nesse tipo de história.

Só li os dois primeiros encadernados, Nada Normal e Questões Mil, e gostei muito mais do que achava que iria gostar. Não sou tão inteirado nesse mundo e não sei se saiu mais coisa no Brasil, então talvez esteja muito defasado, mas lhes indico que leiam essa HQ. Ela trata de vários temas atuais ao mesmo tempo que dá outra visão sobre algumas coisas.

Começando pela abordagem do mundo muçulmano. Diferentemente do esteriótipo padrão, ele mostra algo (que pelo menos parece, a um leigo como eu) muito mais crível e condizente com o mundo real. Existem muçulmanos bons e ruins. Tradicionais e não tão fervorosos assim. Uma cena que ilustra tudo isso muito bem é quando a protagonista vai falar com o ‘chefe’ (não me lembro exatamente o título) da igreja que ela frequenta e ele se mostra alguém muito menos fundamentalista, e muito mais como um psicólogo dos mais novos.

Assim como essa abordagem, o tema principal do primeiro arco é algo tão atual e tão relacionável (principalmente para a galera da minha geração e uma geração abaixo) que torna tudo ainda mais maravilhoso. Não vou dar spoiler, porque acho que é legal a surpresa, mas acaba fechando o primeiro arco da história de maneira magistral.

É uma história de super-herói, porém com temas que acabam se distanciando muito do que as pessoas julgam como o padrão do gênero. Uma das melhores coisas que li nesse começo de 2017, e espero ansioso pelo resto dessa linda coleção. Um ótimo início para essa caminhada no mundo das HQs, com uma história que passa muitas grandes mensagens e é incrivelmente coesa.

Twitter: leopfuita
Snapchat: leopfuita