Não, IBM, eu não tenho 5 minutos pra dar

Paulo Scardine
Feb 17, 2017 · 3 min read

Hoje recebi o seguinte email:

Olá, tudo bem? :)

Me chamo Caroline e sou integrante da área de Startups & Developers da IBM. Hoje estou aqui pra pedir 5 minutinhos do seu tempo para planejarmos nossas interações em conjunto esse ano.

Criamos o formulário abaixo para mapearmos inicialmente nossas interações. Depois dele respondido vamos entrar em contato para fecharmos as datas certinho, o que acha?!

Ah e seria muito bom se conseguisse responder até o dia 24/02 :)

É só acessar o link: *********************************

Muito obrigada!

Atenciosamente/ Regards,

Por que uma pessoa que ficaria constrangida de te pedir dinheiro não tem o menor pudor de pedir seu tempo? Por acaso o seu tempo não vale nada?

Tempo é dinheiro?

Não, tempo é muito mais precioso que dinheiro!

Na conta corrente do banco do tempo, você tem um saldo finito. Não tem como recuperar o tempo que você gastar hoje, e ao longo da vida o saldo dessa conta só vai diminuir.

Já dinheiro, você pode perder tudo hoje e ganhar o dobro amanhã. Por isso, se a Caroline da IBM me pedir 5 reais, eu posso até pensar, mas 5 minutos eu não dou. Meu tempo é muito mais precioso que dinheiro.

Eu posso doar meu tempo para alguma causa social, por exemplo, como voluntário há dois anos eu ajudo a organizar o Hackathon da FIESP. Mas isso não é bem uma doação, é um investimento para tornar o mundo um lugar melhor.

Então eu não quero te dar 5 minutos do meu tempo, mas posso investir 5 minutos do meu tempo. Para isso, Caroline, você precisa deixar muito claro o que eu vou ganhar com isso.

Empreendedores, Tempo e Dinheiro

Se você quiser ser um empreendedor de sucesso, precisa tratar seu dinheiro e o dos outros com muito respeito. E precisa tratar seu tempo e o dos outros com mais respeito ainda.

Confesso que no começo da carreira, eu era muito perdulário com o meu tempo: dizia sim pra qualquer um que quisesse "marcar uma reunião" sem sequer me perguntar o que eu ia ganhar com isso. Em quantas reuniões eu discuti algum problema de alguém por horas sem me certificar de que ele tinha potencial para se tornar um cliente? Hoje a primeira coisa que eu faço é dizer que meus serviços não são os mais baratos do mercado e perguntar se o cliente tem condições de contratar alguém do meu calibre. É um pouco contraintuitivo, mas eu garanto que funciona.

Aprenda a Dizer Não

A coisa mais importante que um empreendedor pode aprender, é aprender a dizer não. Se alguém te pedir dinheiro do nada, você automaticamente vai dizer não. Se alguém pedir seu tempo sem um motivo razoável, você precisa fazer a mesma coisa. Simplesmente diga não, explique que está ocupado pergunte por que o assunto é importante. E não se preocupe em magoar seu interlocutor — quem não respeita seu tempo não merece esse grau de consideração, e quem respeita vai entender.

Meu conselho pra quem está começando é:

Não doe seu tempo, invista seu tempo.

E corra de quem acha que seu tempo vale menos do que o deles!

libertando você

ganhar a vida sem vender a alma

Paulo Scardine

Written by

libertando você

ganhar a vida sem vender a alma