Elise Haas
May 6, 2018 · 1 min read

não é aquela canção
não é o mundo, nem o moinho
não é tua partida,
nem a lágrima contida
não é nada,
não é isso a me fazer chorar

não é a roupa
desamassada à mão antes de chegares
não é o sal a mais no prato de comida
não é a ligeira lembrança de um perfume antigo
não

Fonte: Mario Freire

não é meu torto e falso esquecimento
nem meu sofrimento oco e sem sabor
não é meu fingimento miserável
não é meu mesquinho sorriso
não
não é
nada disso
que me fará lembrar

não
nada disso
me deixará
chorar

linhas em cores

devolvo poemas quase meus

Elise Haas

Written by

vivente por escolha

linhas em cores

devolvo poemas quase meus

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade