É seu meu coração

Amor é doce como mel,
Ao teu lado penso assim,
Mas quando penso em um fim
Vai-se embora o azul do céu.

Torna-se rubro como carmim,
Cor de sangue, um escarlate…
Meu coração em mim não bate,
Não pertence mais a mim.

Foi entregue ao meu amor,
Que jurou que me amaria.
Mas, eu digo-te neste dia
Que sozinho me deixou.

Eu choro hoje a solidão,
Oh! Dor injusta a saudade,
Esqueceu-se na verdade
Que é seu meu coração.

Like what you read? Give Joel Fabiani a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.