A Arma de um Jedi — Uma Aventura de Luke Skywalker

“Mas Luke sabia que o Império não se reduzia a naves de guerra e Stormtroopers; era um bilhão de pequenas crueldades, esmigalhando tudo que as pessoas prezavam, deixando apenas ruína e desesperança.”

Bem, eu li primeiro Alvo em Movimento — Uma História da Princesa Leia, que é um dos três livros cânones de Star Wars lançados pela Editora Seguinte, sobre os principais personagens da trilogia clássica: Leia, Luke, Han e Chewie.

O livro de Luke se passa entre o EP IV: Uma nova esperança e o EP V: O Império contra-ataca, e eu diria que tem uma boa dica sobre e EP VI: O Despertar da Força.

“Ele tinha amigos. E a força estava com ele. Enquanto aquelas coisas fossem verdadeiras, havia uma razão para ter esperança.”

Luke está realizando várias missões para os Rebeldes, como sempre. Mas no meio disso, a Força fala mais alto: e ele vai para um antigo templo Jedi. Lá ele aprende mais sobre a Força, afinal, Obi Wan (Ben) Kenobi não conseguiu treiná-lo, né.

Obviamente, aparecem 3PO e R2D2, sendo aqueles personagens maravilhosos de sempre. Mas também temos amigos novos. E inimigos novos. A história é contada de um modo muito dinâmico, e você nem sente o passar do livro, lê-se muito rápido.

Sobre a dica do Despertar da Força…acho que está no Templo Jedi. O que Luke sente lá é muito forte e muito bom, ele aprende muito ali. Acho que por isso ele buscou mais Templos. Espero que os próximos filmes e livros mostrem mais disso! ;)

“ — A Força está comigo — Luke disse. — Isso é mais do que você jamais terá.”