#PAPAIABORDO — Primeiro Dia dos Pais

Ontem o dia amanheceu diferente. Foi meu primeiro dia dos pais e, confesso: fiquei todo cheio quando começaram a me dar “parabéns pelo meu dia”. Já comecei o dia com um café da manhã caprichado e um presente que tava querendo fazia um tempão. Nem consigo imaginar o esquema que a Carina fez para conseguir comprar alguma coisa pra mim com a loucura dos últimos dias.

O almoço foi em casa mesmo. Queríamos curtir esse momento novo, essa atmosfera toda com a pequena, sabe? Ainda bem, porque a Carina estava super cansada e aproveitou um dos cochilos da Charlotte para poder descansar os olhos. Aí eu corri no meu pai, que mora bem do lado de casa, pra dar o abraço dele. E a galera que tava lá, morrendo de curiosidade para conhecer a pequena, correu em casa para ver nossa princesinha. A gente tava evitando receber visita por conta das primeiras vacinas — mas como já tava tudo certo, o final do dia foi de festa.

Aliás, foi um dia feliz e completo: nós quatro curtindo o friozinho juntos.

Ah, e Louie, que no primeiro dia ficou de costas pra Charlotte, super enciumado, agora já vem cheirar ela toda hora e tenta ficar perto sempre que dá!

Mas a segunda-feira sempre chega e eu vou ter que voltar para o trabalho. Vou ficar longe das minhas princesas. E cara, como essa parada de ficar longe dos filhos é difícil… mas aí é papo pra amanhã.


Rafael Brunhara tem 33 anos e é pai de primeira viagem da Charlotte. No mês de agosto, ele vai compartilhar cada momento, descoberta, angústias e felicidades com todos os clientes Localiza.