#PAPAIABORDO — O sono a gente recupera depois.

Na noite passada, definitivamente, você foi o centro das nossas atenções, Charlotte. Como se já não fosse, né? Até parece.

Não queria saber de dormir. Também não deixou a mamãe dormir. Foi uma loucura.

Logo cedo, quando percebeu que estava chegando a minha hora de te trocar, encheu a fralda. Parecia de propósito, só pra gente ficar mais tempo juntos. Aí fui lá, te troquei, fiz todo o processo de todo dia e… você encheu a fralda de novo. Sério? Juro que foi daqueles que sujam até a nuca! Melecou a roupa novinha que eu tinha acabado de escolher pra você. Depois que passou, achei até engraçado e nem liguei de estar um pouquinho atrasado pro trabalho.

Mas foi só eu pegar a mala que você abriu o berreiro. E eu, já sem saber o que fazer pra te acalmar, comecei a te levantar, como se estivesse levantando um peso. Pra mim, foi ótimo fazer um pouco de exercício pros braços. Pra você, foi maravilhoso, pois logo parou de chorar e abriu esse olhão lindo pras minhas palhaçadas. A cena foi tão bacana que até a mamãe fez um registro da gente nessa brincadeira. Olha como ficou lindo!

Esta foi mais uma que eu aprendi com a rotina deliciosa de cuidar de você. E se eu passei o dia com sono? Ah, deixa pra lá. Sono, a gente recupera depois.


Rafael Brunhara tem 33 anos e é pai de primeira viagem da Charlotte. No mês de agosto, ele vai compartilhar cada momento, descoberta, angústias e felicidades com todos os clientes Localiza.