Música como eu conto

Foto e escultura: Jodi Harvey-Brown | wetcanvas.deviantart.com

Assim como toda arte, algumas músicas são capazes de nos levar para outros mundos ou nos dar a oportunidade de viver outras vidas. Tudo depende da subjetividade de quem ouve — e, é claro, do molde fornecido pelo(s) autor(es) da música que está sendo ouvida.

O objetivo dessa publicação é incentivar os escritores a exporem para o mundo um pouco dessa subjetividade por meio de pequenos ou grandes textos baseados ou inspirados em músicas, independente do gênero musical. O único requisito real é que seja uma releitura de sua autoria, seja conto, crônica, poema ou roteiro. Fantasia, realidade ou realidade fantástica.

Inicialmente um projeto pessoal, tive a ideia de criar esse espaço para não apenas publicar os meus escritos, mas reunir as mais diferentes histórias que partem de uma inspiração semelhante: a música.


Aspirantes a colaboradores podem me enviar um e-mail com o link do texto (aqui no Medium) que desejam publicar: laisfigsantos@gmail.com