5 técnicas para alimentar muitos amigos usando uma cozinha pequena

Como utilizar o máximo de seu espaço e tempo para entreter e proporcionar uma refeição deliciosa

Texto publicado originalmente no Roaming Hunger, e traduzido para o público do Manifesto Food Truck.

Se você mora na cidade, sabe que ter “espaço” real é um verdadeiro luxo. Os apartamentos são pequenos hotéis boutique e as cozinhas são como armários de vassouras. A “generosa” cozinha nova-iorquina é de cerca de 50 pés quadrados. Isso é apenas um oitavo do tamanho da cozinha média nacional americana, que é de 300 pés quadrados, segundo relatórios doWall Street Journal. Como é que alguém deveria cozinhar nestas condições precárias? Mais importante, como diabos alguém pode dar uma festa?

Quem melhor para responder a esta pergunta do que um chef de um food truck? Nós conversamos com Eric Silverstein, Fundador e Chef Cozinheiro do The Peached Tortilla, que tem sede em Austin, no Texas, sobre suas dicas para fazer uma tonelada de alimento em uma quantidade limitada de espaço sem suar a camisa. Afinal, Silverstein consegue conciliar vários funcionários, fritadeiras e freezers em um espaço menor que o interior de um Toyota Corolla — e cria uma comida surpreendente. Com essas dicas e truques, não há nenhuma razão para que sua cozinha não pode exceder grandes expectativas, não importa o tamanho dela.

Invista em ferramentas que ocupam espaço mínimo.

Sim, todos nós temos panelas e frigideiras (e algumas pessoas ainda têm mais panelas do que isso), mas cozinhar com todas essas coisas pode ficar confuso e ocupa espaço, que é o que estamos tentando evitar. Crockpots são especialmente versáteis e você pode fazer alguns pratos muito interessantes ao usá-los, incluindo o frango ao alho com açúcar mascavo, sanduíches frango com barbecue, ou até mesmo lasanha — sim LASANHA — usando uma panela de barro que ocupa muito pouco espaço. Ou então você poderia investir em algo mais extravagante — Silverstein sugere um circulador de imersão, que é basicamente um dispositivo que cozinha o alimento em um banho de água a uma temperatura específica para garantir o cozimento perfeito dos pratos. Ele não ocupa muito espaço e permite cozinhar de uma forma muito refinada. Micro-placas, um nome fantasia para placas muito pequenas, também são boas para usar, como elas podem adicionar um elemento diferente a uma refeição, seja tempero estragão em uma salada ou raspas de limão em uma sobremesa. Pequenos detalhes podem percorrer um longo caminho para melhorar a comida em uma pequena cozinha.

Pré-prepare, prepare e repita.

Em uma cozinha pequena, você não deve esperar até o dia do evento para preparar e cozinhar os aperitivos e prato principal. Tente sempre fazer o trabalho o quanto antes possível. Esperar até o último minuto é uma receita para o desastre. Adquira seus hors d’oeuvres e ingredientes para o prato principal no dia anterior — embale os componentes individualmente e armazene-os na geladeira. Quando se trata do grande dia, tudo deve estar preparado e praticamente pronto para ser feito. A maior parte do trabalho e confusão já está feita, então a cozinha não ficará tão lotada ou muito suja.

Mantenha seus convidados ocupados…e fora da cozinha!

Olha, nós podemos concordar que não é fácil ter uma cozinha pequena — especialmente quando você quer entreter, receber mais pessoas, e preparar pratos elaborados — mas por que transformar sua situação apertada em ainda mais problemática por ter pessoas na cozinha enquanto você está tentando trabalhar? Enquanto você está trabalhando, tenha um bar com champanhe/bebida já configurado completo, com guarnições e opções de suco, e uma outra área para as pessoas comerem alguns petiscos enquanto esperam. Isso mantém as pessoas fora da cozinha se divertindo enquanto você está terminando a refeição.

Limite o menu e trabalhe de forma inteligente e rápida.

No mundo dos food trucks, chefs estreitam o menu, a fim de trabalhar com os recursos limitados a bordo. Por exemplo, o menu do The Peached Tortilla tem opções rápidas e simples, como tacos, sliders, bowls de arroz e macarrão, e batatas fritas. Empregando esta estratégia, você pode ter certeza que seu menu é conciso — tem apenas algumas opções disponíveis.

Escolha pratos que não vão fazer você acampar na cozinha e longe de seus convidados.

Entreter com uma cozinha limitada significa ser criativ@ em seus pratos. Você precisa de coisas que não ocupem espaço e não @ mantenham pres@ na cozinha. Com o circulador de imersão, faça algo como costeletas de porco — cozinhe-as ao seu ponto desejado na noite anterior, armazene-as na geladeira durante a noite, tire-as no dia do evento e, em seguida, use uma frigideira ou grelha ao fogo alto — elas vão cozinhar em questão de minutos e, rapidamente, o jantar está pronto. Se você tem um forno, algo como um ombro de porco assado pode ser excelente, e não ocupa muito espaço. Asse-0, tire-o do forno, prepare um bonito prato, talvez enfeitando-o com alguma fruta carbonizada para elevar a apresentação, e sirva-o em estilo familiar. O ombro de carne de porco age como uma peça central, assim você só tem que se preocupar em cozinhar uma coisa no forno. Sirva-o com pratos adicionais pré-preparados, de modo que você pode inclui-lo em uma refeição completa. Pense em legumes em conserva, salada de repolho, pãezinhos, ou mesmo tortillas para que os hóspedes podem fazer tacos de carne de porco!

Texto publicado originalmente no Roaming Hunger, e traduzido para o público do Manifesto Food Truck.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.