A ficha começou a cair: a solução não está na velha política mas no novo contrato social

Assembléia Constituinte para Democracia Direta Já!

Diógenes de Sinope

Não quero nem saber da história pregressa do autor seu méritos é que ele é o primeiro da velha esquerda “petralha”que vem a grande midia “golpista” para defender a unica coisa sensata, obvio e que toda pessoa que tivesse o mínimo de honestida ao menos intelectual já deveria ter feito faz tempo: fora todos e que devolva a soberania quem pertence de fato: sociedade. Sei perfeitamente que ele não defende a democracia direta no sentido pleno que eu prego, mas ele e outros vão chegar lá Até porque se não chegarem logo e os golpistas do palácio e do congresso não vão mandar a justiça e a policia voltar a caçar pobre e preto de novo e deixar as autoridades em paz, mas porque vai arrebentar de vez com o pais e a o com a república.

Antes tarde do que nunca: eles pelo menos esse é caminho ou pelo menos metade deles. Todos fora e VOTO JÁ
Falta agora só entender o principal: Voto já e sempre; mas não em novos políticos mas em causas e soluções.

Que o Voto Nunca mais seja alienado de 4 em quatro anos das mãos do cidadão.

Que a assembleia constituinte nunca mais seja desfeita e se torne letra morta nas mãos assassinas dos politicas, que se torne a lei viva na mãos do povo via democracia direta digital, em plebiscitos e referendos.

Que na sociedade da informação a verdadeira democracia e a cidadão tome seu lugar e expulse de vez os tiranos atravessadores e usurpadores. Temos a tekne e a crise, o que nos falta como povo além do caráter e a coragem?

Ou vai dizer que precisamos de tutores, pois então seja um neoalienado e abrace o governo que você merece e tanto faz se o Lula e a Dilma e esse velho ou os novos que eles vão inventar… a esquerda ou a direita…

Que nunca mais o poder público se feche de novo a voz da população; que passe a ouvir e obedecer suas demandas. E devolva não mais dividas, impostos e imposição criminosa de privilégios políticos e econômicos mas politicas públicas e tecnologias sociais.

Fim da desigualdade de autoridade;

Restituição do Bem Comum;

E Cidadania Plena:

Renda básica Incondicional e Democracia Direta já!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.