Freepik by Katemangostar

Comunicação Não-Violenta — Dois erros nunca fazem um acerto

Calar a boca pode ser a melhor opção

Como é difícil lutar contra nossa humanidade, né?
Cada dia entendo melhor algo que eu sempre ouvia: “é uma luta diária”.
Recebo aquela pergunta bem óbvia e mentalmente respondo: “(insira um termo tech, Geek ou nerd qualquer )”
E então deleto aquele primeiro pensamento e reescrevo com empatia, paciência e gentileza.

Essas são fáceis. A coisa piora.

Leio uma tremenda injustiça e logo penso naquele repertório de palavrões acumulado ao longo dos anos. Penso também naquela resposta de fazer a criatura se rasgar todinha.
E então respiro. Tomo uma água se for preciso, e até deixo de lado um tempo para pensar melhor.

A raiva sempre ofusca aspectos do problema e te direciona para guerras.

Quando esfria, dá para ver melhor as intenções e provocações. Dá pra situar a proporção e o contexto e até pra perceber quando um ataque é na verdade um pedido de ajuda de quem não conhece outra linguagem.

Já reparou que algumas crianças, em especial meninos, tendem a expressar com negação e até com violência o que na verdade é paixonite?

Alguns adultos crescem sem saber lidar com frustração, com rejeição, com uma série de coisas para as quais a resposta inicial é raiva, mas que deveria ser resignação e aprendizado.

Eu sempre vou te amar enquanto fizer tudo o que eu quero, afinal o meu jeito é sempre o melhor, né?
Não. Não é.

Vida em sociedade sempre vai depender das concessões que você fizer, da flexibilidade para se adaptar, do respeito pelo próximo e é claro, da argumentação correta quando o seu jeito realmente for o melhor.

E depende também de saber que às vezes, pelo bem do coletivo, você vai ter que aceitar que o “melhor jeito” vai ficar ali no cantinho para dar lugar ao jeito que não é o seu.
Sorria mesmo assim.

Ah, mas as injustiças.
Dizem que os justos não devem calar frente às injustiças.
Papo furado.
Uma coisa é ser omisso (isso é ruim) , a outra é estar sempre com pedras nas mãos.

Esse lance de amar seus inimigos ganha novos sentidos diariamente.

Sempre que a humildade te guiar, a verdade aparece. Sempre.
Ao contrário de quando você entrega na mesma moeda.

A matemática é simples: Dois erros nunca fazem um acerto. ;)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.