Resultado da pesquisa sobre a evolução da carreira dos desenvolvedores Front-end

Leandro Nunes
Mar 18, 2018 · 4 min read

Não é de hoje que penso e reflito sobre a carreira de Front-end e sua evolução. E esse ano o assunto voltou em algumas conversas e então no início do mês de Março/2018 resolvi lançar uma pesquisa por conta própria e conferir os resultados.

Como não queria apenas de conhecidos e desenvolvedores locais, resolvi tentar atingir um público mais diversificado e espalhado pelo Brasil. Para isso postei uma issue no forum do frontendbr e incentivado pelo William Oliveira que me deu uma dica valiosa, disparei a pesquisa via Twitter pedindo ajuda de alguns desenvolvedores populares para atingir mais público.

Espero que ajude a comunidade de desenvolvedores a refletir também sobre o caminho e opções da carreira de Desenvolvedor Front-end que as empresas oferecem.

Ao todo, consegui coletar 73 respostas. Confesso que esperava uma participação bem maior! De qualquer forma, considero a pesquisa válida por um simples propósito e iniciativa pessoal.

Me surpreendeu "Software House" ter sido o maior número de participantes, esperava "Agência" ou "Startup", mas acredito que isso se deva ao público mais próximo de mim que tenha atingido naturalmente. Algumas respostas curiosas como "Empresa normal" e "Banco" entraram na lista.

A maioria das pessoas que responderam a pesquisa é Front-end Engineer, seguido por Full-stack, Front-end Designer e Arquiteto Front-end.
Fazendo uma ligação entre as duas perguntas, minha análise é que o perfil Full-stack não somente aparece em Startups (como eu imaginava) como também é uma realidade dentro das Software-Houses.
ps: Resta saber se os front-enders estão aprendendo back-end ou vice-versa!

Esta pergunta me foi a mais alarmante, pois demonstra que a maioria das empresas (seja qual for) não possui um Plano de Carreira para Front-end e os seguintes questionamentos me vêm a mente:
- Não existe plano para Front-enders, para Desenvolvedores ou não existe plano algo ?
- O Papel do Front-end ainda é desconhecido pelas empresas ?
- Qual a importância de existir um Plano de Carreira nas empresas ?
- Desenvolvedores não se importam com Plano de Carreira ?

Como é uma pergunta aberta e pela resposta anterior podemos ver que a maioria não possui um plano.

Nesta pergunta eu aprendi que deixar opção livre é horrível para consolidar dados 😳… Ainda mais quando ficou relativamente dúbio se as respostas "não" é que nunca foram Front-end ou se já foram mas que não trocou de papel 😕

Consolidei as migrações de papel da seguinte forma:

Maioria ainda é Front-end, porém muitos estão migrando para Full-stack e Arquitetura.

Minha análise desta última pergunta é que nós desenvolvedores e principalmente, (no caso desta pesquisa), os desenvolvedores Front-end possuem uma grande sede, vontade e abertura em aprender novos conceitos e técnicas diferentes. Buscando uma evolução constante!


Deixo meu muito obrigado a todas as pessoas que dedicaram 5 minutos para responder a pesquisa e entendo que mesmo sendo algo não oficial e que não vá afetar diretamente seu cenário de imediato, ter uma visão do que o mercado pratica nos trás conhecimento e força para buscar sempre exigir um mínimo das empresas de desenvolvimento e conhecermos melhor o mercado de trabalho.

Meninunes

Web Development by — Leandro “Little Big” Nunes

Leandro Nunes

Written by

Software Engineer @ CI&T | https://lnfnunes.com.br

Meninunes

Meninunes

Web Development by — Leandro “Little Big” Nunes

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade