TV A Crítica deixa de ser afiliada e vira emissora independente; Emissora nacional vai operar com estrutura e programação local próprias

Mídia Amazonense
May 12 · 3 min read

Por Jefferson Morais, o famigerado Mídia Amazonense

Filial da Record TV entra no ar em Manaus a partir de 17 de junho. Foto: Reprodução/Record TV.

Encerrada a parceria de quase 12 anos com a TV A Crítica (2007–2019), a Record TV vai abrir sua própria filial em Manaus. Mas a rede dos bispos não terá um início de operações tão tranquilo como se imagina porque tem missões árduas e desafiadoras para cumprir. Ainda mais se tratando de uma praça que historicamente é ruim em audiência.

A nova filial manauara tem previsão para iniciar suas operações a partir de 17 de junho, uma segunda-feira, através do canal 36.1. Contando da data de publicação deste texto até lá, são 35 dias para colocar no ar uma emissora de TV competitiva do ZERO. É uma missão quase impossível, considerando logística e a longa distância que a capital amazonense tem da capital paulista, onde fica a sede da Record TV. Toda a executiva da rede e setores com bons resultados em estratégia de programação e conteúdo nas melhores praças da emissora estão envolvidos na nova empreitada. Será muito comum ver esses profissionais circulando por aqui nos próximos dias.

É verdade que a Record TV vem trabalhando discretamente, sem chamar muita atenção, desde janeiro deste ano. Investimentos em parque de transmissão e sondagens de profissionais acontecem desde lá. E a TV A Crítica já sabia disso. Os trabalhos de implantação da filial se intensificaram nos últimos dias após desentendimentos envolvendo interesses de grade e parcerias firmadas pela então afiliada com produtoras internacionais de conteúdo.

A história mostra que Manaus é uma praça ruim em audiência para a Record TV. Desde que o Ibope veio pra cá, em 2012, os dados apontam que a emissora esteve mais próxima da Band que do SBT, seu concorrente direto no mercado nacional. Mas essa realidade começou a mudar a partir de 2017, com os investimentos em programação local por parte da TV A Crítica e com o desligamento do sinal analógico, em 2018. Ela viu seus números crescerem em 200% entre 2015 e 2019. Atualmente, as novelas bíblicas e o Jornalismo Verdade™ são suas maiores audiências.

Sendo assim, a rede do bispo Edir Macedo vem para Manaus com mais uma missão desafiadora: manter a atual vice-liderança em audiência. Se hoje a Record TV tem prestígio e forte aceitação por aqui, é fruto da parceria com a TV A Crítica. E para manter essa posição é necessário investir, desde já, na contratação de profissionais dos mais variados setores que conhecem a realidade daqui. Nesse sentido, o mercado local sai ganhando.

Certamente a rede está partindo para a contratação de rostos já conhecidos pelo público local. Depois vem repórteres, profissionais da produção, editores, chão de fábrica… Também não pode esquecer que os hábitos e costumes do público amazonense são bem diferentes do público paulista. Um futuro Balanço Geral AM, com formato fiel a edição levada ao ar em São Paulo, tem força pra bater o Alô Amazonas, atual líder no horário do almoço? O tempo dirá.

As metas da rede também são desafiadoras. Projetam uma leve queda na média-dia nos primeiros meses de operação. Para uma emissora que está começando DO ZERO? Em uma praça PNT historicamente problemática e com a concorrência consolidada? Pode chegar, Record TV! Mas com os pés no chão.

Promocional de estreia da Record TV Manaus nas redes sociais da emissora.

Midia_AM

O maior Estado do Brasil, a Amazônia e a mídia local em evidência.

Mídia Amazonense

Written by

O maior Estado do Brasil, a Amazônia e a mídia local em evidência.

Midia_AM

Midia_AM

O maior Estado do Brasil, a Amazônia e a mídia local em evidência.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade