Entrevista com Hugo Parisi

Clive Rose/Getty Images

Hugo Parisi é de Brasília, tem 31 anos e representa o Brasil na equipe de Saltos Ornamentais. Considerado um dos melhores atletas de saltos ornamentais do país de todos os tempos. Nesta semana, antes de participar da 20ª Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, evento-teste para os Jogos Rio 2016, Hugo respondeu algumas perguntas para o Ministério do Esporte.

- Qual seu ritual antes de uma competição? Você se prende em alguma superstição?
 
Isso é uma pergunta bem frequente. Eu não tenho nenhum tipo de ritual ou superstição, não acredito que esses tipos de manifestações irão me fazer saltar melhor. Eu acredito muito no trabalho realizado, o quanto me preparei para chegar aqui. Faço um trabalho psicológico muito forte para aguentar toda a pressão que é uma competição. Confiar em mim e prestar atenção ao máximo na técnica são minhas armas.

- O que o salto ornamental representa na sua vida?
Os Saltos representam minha vida, tudo o que sou hoje foi o esporte que me ensinou. Iniciei na modalidade com quase 7 anos de idade e continuo até hoje. Meus planos como atleta é saltar até 2017. Depois quero ajudar o esporte de alguma maneira.

- O que faz você acreditar que vai vencer em cada desafio ?

O que me faz acreditar que vou vencer em cada desafio é o trabalho diário, minhas metas e objetivos estão sempre no máximo de exigência, portanto, temos que pensar no objetivo final que são os Jogos Olímpicos mas não esquecer do dia a dia.

- Quando você era criança imaginava que chegaria a disputar as Olimpíadas?

Infelizmente não existia esse pensamento, era tudo muito amador. Pela experiência que tenho dentro do esporte, o que mais faz falta para nós brasileiros é acreditar mais em nós e parar de colocar os “gringos” como imbatíveis.

“Para o atleta é bem emocionante fazer um salto e escutar a torcida gritando.”

- Qual a expectativa para o evento-teste?
 
Aqui vou saltar duas provas, o sincronizado de plataforma junto com o Jackson Rondinelli e a plataforma individual. No sincronizado o Brasil já tem vaga garantida para os Jogos Olímpicos mas temos o objetivo de chegar na final. No individual o grande objetivo é conseguir uma vaga para o Brasil. Tenho a chance de já me classificar nominalmente, para isso tenho que ficar entre os 18 primeiros.

- Alguém da sua família vai acompanhar o evento-teste de perto? Qual a importância da torcida pro atleta competindo?
 
Meu pai, minha namorada e alguns amigos. É sempre bom a arquibancada cheia de competições, melhor ainda se todos estiverem torcendo pelo Brasil. Para o atleta é bem emocionante fazer um salto e escutar a torcida gritando. Os juízes se sentem pressionados e acabam dando aquele meio ponto a mais que no final faz muita diferença.