Michael Jackson tem mais gols do que Pelé

Por Mariléia dos Santos, a Michael Jackson

Olá!

Meu nome é Mariléia dos Santos. Provavelmente você vai me conhecer por Michael Jackson. Não, eu não sou a dona do “moonwalk”, mas fui dona de um destino muito especial dentro daquilo que escolhi para seguir: o futebol!

Campeonato Sul-Americano de Futebol — Foto: Arquivo Pessoal

E, assim como o Rei do Pop, precisei de muito jogo de cintura! No meu caso, para driblar as adversárias e marcar exatos 1.574 gols ao longo da carreira.

A história do apelido veio lá nos anos 80, quando o saudoso Luciano do Valle disse, durante um treino, que eu seria uma grande atleta no futuro e me “batizou” pelo nome de quem estava no auge daquela época. Virei, então, a Michael Jackson. Aceitei com muita honra o codinome pelo qual fiquei conhecida e sou chamada até hoje.

Nasci em Valença, ao sul do estado do Rio de Janeiro, em 19 de novembro de 1963. Sou a mais nova de 11 irmãos. Todos jogavam bola, logo, me apaixonar pelo esporte não foi nenhuma tarefa difícil.

Michael Jackson se sagra campeã com Seleção Brasileira.

Meus primeiros chutes foram na infância, nos campos de várzea da minha cidade natal e pouco tempo depois fui contratada pelo Esporte Clube Radar, do Rio de Janeiro, onde fiquei durante seis anos e, acreditem, marquei mais de 800 gols! O Radar foi um dos pioneiros no desenvolvimento do futebol feminino no Brasil e lá tive a oportunidade de conquistar, juntamente com a equipe, muitos títulos importantes para a modalidade.

Em 1990 passei a defender o Saad. Conquistamos seis títulos consecutivos da Copa São Paulo e o Mundialito de 1995.

O ano de 95, aliás, marca um capítulo muito especial da minha história. Foi naquele ano que recebi uma proposta irrecusável do Torino, time italiano tradicional.

Malas prontas. Era hora de me aventurar na terra da pizza. Che bello!

Minha experiência na Itália foi incrível! Pelo Torino disputei o Campeonato Italiano e a Copa Itália de futebol. Fui aprendendo no dia a dia a falar a língua do país e tive muita ajuda das minhas companheiras de clube. Fiz boas amizades que carrego até hoje.

Retornei ao Brasil em 1997. Joguei com grandes camisas do futebol nacional como Corinthians, Tupy, Internacional, Vasco da Gama e Santos. Neste último herdei mais um apelido de rei: Pelé do futebol feminino!

Tive ainda o grande privilégio de ser condecorada pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS) com o terceiro lugar na galeria das melhores jogadoras do Século XX na América do Sul

Defender a seleção de seu país é sonho de qualquer atleta. Tive o prazer de jogar pela seleção brasileira por 12 anos. Participei de duas Copas do Mundo e uma Olimpíada.

É difícil pontuar, mas me atrevo a dizer que o momento mais especial da minha carreira tenha sido em 1996, nos Jogos Olímpicos de Atenas. A edição marcou a estréia do futebol feminino em olimpíada e eu estava lá! Inesquecível!!!

Hoje é o Dia Nacional do Futebol e sou muito grata por fazer parte dessa história!

Amanhã terei a honra de conduzir a chama olímpica e respirar esse sentimento único, que é receber o maior evento esportivo do mundo em casa! Estou ansiosa e feliz!

Torço pelo Brasil e torço especialmente pela seleção feminina de futebol que tanto merece e luta por essa inédita medalha de ouro, mesmo enfrentando muitas dificuldades.

Que venham momentos de suor e lágrimas… DE FELICIDADE!!!

E para não me alongar demais…

É com muito orgulho que conto a minha trajetória no futebol para vocês. Com o mesmo orgulho e gratidão posso dizer que o esporte me abriu muitas portas e também pude abrir algumas portas a outras atletas que vieram depois de mim.

Atualmente resido em Brasília e trabalho no Ministério do Esporte, onde exerço a função de Coordenadora Geral de Futebol Feminino Profissional.

Na atual configuração da seleção brasileira feminina de futebol tive o prazer de ser assistente pontual do professor Vadão em 2015.

Viva o futebol feminino!

Valeu, pessoal!

Um abraço da Michael Jackson


Acesse o twitter, o facebook e o instagram do Brasil 2016. Estamos no snapchat! Procure por VaiBrasil_2016
Acesse também o twitter, o facebook e o instagram do Ministério do Esporte.