Vamos falar sobre sustentabilidade?

Mas não, não estou falando de salvar o meio ambiente. Dessa vez, quero falar sobre sustentabilidade financeira.

foto: Fabian Blank (unsplash)

Desde que unificamos as nossas plataformas, nós recebemos uma série de contatos com dúvidas e pedido alguns esclarecimentos sobre a parte financeira do Muambator. Foi então que resolvi conversar com a galera que faz esse sistema maravilhoso funcionar e unificar todas as respostas para vocês.

Mas antes, preciso contar uma historinha: O Muambator sempre foi um projeto de fundo de quintal. Começou como um projeto para aprender uma tecnologia. Deu tão certo que novas pessoas foram entrando e construindo novas iniciativas. Um cuidava do site, e fazia o que quisesse com ele. Outro era responsável pelo aplicativo Android, outro pelo iOS. O resultado era que cada um usava como queria — e também rentabilizava como queria, seja com ads ou vendendo o app. E foi assim desde o dia 23 de março de 2010.

De um tempos pra cá, a galera percebeu que era melhor ter uma gestão unificada da plataforma. Assim, o site e os apps estariam sobre cuidados e administração de um conjunto de pessoas, e todos os usuários teriam acesso aos mesmos recursos, independente da plataforma usada. Acontece que, apesar de ter muitos benefícios, essa migração também deixaria alguns usuários descontentes.

Resultado vs. Sustentabilidade Financeira

O que muita gente não percebe é que para manter esse ciclo de vida de lançamentos de novos recursos, apps e suporte, é necessário uma baita grana. Precisamos manter os nossos servidores, contas em lojas de aplicativos, domínios e mais um monte de itens que, se você quiser, podemos fazer um post separado só pra isso.

É importante lembrar que já tivemos diversas modalidades de monetização. Já cobramos pelos aplicativos. O primeiro aplicativo integrado à plataforma Muambator era o Pacotes, e ele custava US$ 1,99. O aplicativo Android sempre foi grátis, mas com anúncios, que poderiam ser removidos via InApp-Purchase. Na web, sempre tivemos a renda à partir do Google AdSense. Mas mesmo com tudo isso, o Muambator não era financeiramente sustentável.

E aqui vai o principal ponto desse post: no momento, o objetivo da galera é tornar o Muambator financeiramente sustentável. Ou seja, fazer grana o suficiente para cobrir os custos de manutenção desse sistema, sem necessariamente lucrar com isso.

Ou seja, nossa ideia não é ganhar dinheiro com o Muambator, é apenas fazer com que ele continue funcionando. E veja só, não é barato manter uma plataforma com mais de 800 mil usuários rodando.

Mas e se eu paguei para ter o app sem anúncios?

Antigamente, cada um fazia o que queria com os apps e sistemas que desenvolviam. Então, no Android, era possível pagar R$4 e utilizar o aplicativo sem anúncios. Acontece que, quando recebemos o app do desenvolvedor anterior, percebemos que do ponto de vista da sustentabilidade financeira, essa prática não era viável.

Isso porque a taxa de R$4 era paga somente uma vez, mas as contas para manter tudo rodando continuam vindo todo mês. Ao mesmo tempo, com a uniformização das plataformas, foi preciso retirar a opção de utilizar o app sem anúncios. Escolhemos, então, lançar a primeira versão do Muambator 2.0 sem a opção de utilização do app sem anúncios.

Claro que, disponibilizar uma versão sem anúncios está nos planos da galera. Eles ainda não definiram um plano de negócios para essa nova fase do Muambator, mas estou participando de várias reuniões e brainstorms para ajudar a galera e chegarmos num modelo bom para todo mundo.

Junto nesses brainstorms está como vamos resolver a questão dos nossos usuários que pagaram pela versão sem anúncios. Queremos dar algum tipo de benefício para quem pagou, mas ainda não sabemos como nem qual será esse benefício.

Nesse meio tempo, também recebemos vários pedidos de reembolso da galera. Mas pensa só aqui comigo: o app custava R$4, e a taxa para transferência custa R$7,70. Se fossemos fazer isso, o Muambator não sobreviveria até o final do mês :(

Resumindo: a gente não esqueceu de vocês, usuários fiéis do app, mas ao menos por enquanto, não podemos retirar os ads ou efetuar um reembolso.

E o que eu ganho com tudo isso?

Talvez, se você for um dos usuários que pagou para retirar os ads do seu app, você pode estar se sentindo lesado e até mesmo sentir muita raiva dessa mudança toda. Mas eu quero pedir um pouquinho de paciência com a nova equipe do Muambator. Eu prometo que eles são legais, e com o tempo você vai começar a curtir eles também.

Isso porque, somente para o primeiro semestre de 2017 eles já planejaram muitos updates, novas features, muita produção de conteúdo e várias novidades que eu tenho certeza que vocês vão curtir.

A primeira mudança que já aconteceu foi no suporte para os usuários do Muambator: antigamente não conseguíamos responder as mensagens devido ao alto volume. Nas últimas semanas temos atendidos a todos os pedidos, menos ao de SPAM, é claro.


E é isso aí, galera. Espero que com esse post tenha conseguido responder alguns questionamentos que vi nas nossas redes sociais. Qualquer dúvida podem continuar contando com a gente!

Um abraço e até logo,

Like what you read? Give Flecha Muambator a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.