Perguntas que me fizeram nos processos seletivos

Gabriela Melo
Nov 25, 2020 · 3 min read
Image for post
Image for post

De longe o que mais me ajudou em todas as entrevistas foram as inúmeras horas de terapia que já tive.

Não é a toa que dizem que a base do marketing pessoal é o autoconhecimento.

Nesse texto, vou compartilhar algumas das perguntas que eu tive que responder no último mês e elas podem ser um norteador para te ajudar a se preparar e conseguir o trabalho que procura.

Foram elas:

  • O que você busca (como ambiente de trabalho e vaga)?
  • Você acha que já fracassou em alguma situação? Como foi? O que faria diferente?
  • Se você fosse palestrar em um TEDx, falaria sobre o que?
  • Comente sobre uma situação que você teve que trabalhar em equipe e foi muito bom e outra que foi ruim.
  • Você já participou de algum projeto que você considera que sem a sua presença ele não teria acontecido da mesma forma. Como foi?
  • Qual o projeto que você participou e mais se orgulha?
  • Qual a sua rede social favorita?
  • O que você falaria para o Zuckerberg se encontrasse com ele amanhã?
  • O que te deixa muito brava ou te tira do sério?
  • O que você não tolera que uma pessoa faça?
  • Você já presenciou alguma situação de discriminação? Como reagiu?
  • Imagine que você tenha 95 anos, o que você quer sentir orgulho de ter feito?
  • Quando você está com os seus amigos, o que costumam fazer?
  • Qual o seu hobby?
  • Se você tivesse uma caixa de entrada com mais de 1000 emails e só pudesse responder 3, quais seriam prioridade?
  • Em qual ambiente você prefere trabalhar? Em casa ou escritório?
  • Você considera que tem as competências para exercer essa função? (nessa eu respondi: com certeza, sei onde tem informação para eu estudar, pessoas para consultar e tenho inteligência para executar. Não tenho dúvida da minha capacidade).
  • O que você acha que não é bom?
  • O que você acha que manda muito bem?

Quanto mais clareza eu tinha do que eu buscava, mais fácil ficava responder cada uma das perguntas.

Além disso, eu recomendo fortemente:

  1. Estudar como é feita a comunicação da empresa nas redes sociais e ficar atenta em algumas palavras-chave, para aumentar a possibilidade de conexão!
  2. Preparar-se para linkar os valores da empresa com as suas experiências prévias, e concentre-se em ser bem objetivo.
  3. Quando abrirem espaço para você perguntar, fuja do clichê, procure perguntas que remetam a coisas boas da experiência do entrevistador, faça-as de forma sincera e genuína. “Qual foi o projeto que você fez na empresa X que mais se orgulha?”
    Quando falamos coisas boas sobre nós para outras pessoas, aumentam as chances de gostarmos e lembrarmos ainda mais dessa pessoa — ótimo para você se destacar!
  4. Ao falar das suas experiências, concentre-se naquelas que fazem sentido para a vaga, falar todas nem sempre é a melhor estratégia, seja direto!
  5. Não tenha medo de falar “eu não sei” quando não souber, nós não precisamos saber tudo.
  6. Você só tem a ganhar em ser transparente!
  7. Respirar profundamente antes de entrar na reunião, desacelerar o coração e fazer a pose da Mulher Maravilha!

Lembre-se que do outro lado tem uma pessoa que tem sentimentos assim como você, que vai ao banheiro quando acorda, que tem ansiedade em alguns momentos e tem uma bagagem diferente da sua!

Confie em você, prepare-se e se jogue!

Mudanças e ciclos

Compartilhando minhas experiências sobre mudança de carreira e busca por novas oportunidades

Gabriela Melo

Written by

Treinando para o meu primeiro IronMan 70.3. Nesse espaço compartilho minha jornada e várias versões da Gabriela. Sejam bem-vindos!

Mudanças e ciclos

Sair da nossa zona de conforto é desafiador e precisamos ser corajosos para sustentar nossas decisões. Aqui compartilho algumas experiências sobre processos seletivos e mudança de carreira.

Gabriela Melo

Written by

Treinando para o meu primeiro IronMan 70.3. Nesse espaço compartilho minha jornada e várias versões da Gabriela. Sejam bem-vindos!

Mudanças e ciclos

Sair da nossa zona de conforto é desafiador e precisamos ser corajosos para sustentar nossas decisões. Aqui compartilho algumas experiências sobre processos seletivos e mudança de carreira.

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store