Mas não vai ter iluminador para pinto?

Depois do hits de iluminador pra pepeka tô pensando em lançar o iluminador para pinto! Olha, gente, assim, não sei vocês, mas minha cabeça fez um tour tão grande pela história da humanidade com esse lance de iluminador para pepeka. Primeiro, fiz uma associação da ‘’iluminação’’ com o estereótipo da endominizada pepeka, mal da humanidade, templo da imoralidade e sua ausência de ‘’luz’’ espiritual, néh non? Porque a gente sabe que coisa do capeta não tem luz, por isso ela precisa ser iluminada e a gente também sabe que mulher é pecado, é Eva, Lilith, coisa ruim…afinal, ‘’um bicho que sangra todo mês e não morre, né? Só pode ser coisa do capeta!’’. Quem nunca ouviu essa infeliz piadinha machista? Segundo, também fiz uma viagem nessa nossa linda (sqn) sociedade racista onde o que é puro e santo é BRANCO/ ILUMINADO e o que é do mal, sujo, do cramunhão é do lado NEGRO da força. Olhem só, que coisa, eles acham que a gente precisa ILUMINAR BRANQUEAR PERFUMAR nossas pepekas! Pois bem, terceiro: SUS mostra em pesquisa que Brasil é um dos primeiros colocados em amputação de pênis por falta de …banho! Sim, câncer de pênis é uma doença social por falta de higiene masculina e quem precisa de iluminador é a pepeka! Ok! Não é engraçado essa história de amputar pênis, é bem triste! Pessoas sofrem! Mas, como historiadora, só coloquei esse dado para pensarmos juntos: não há arsenal de guerra nas farmácias contra a pepeka por uma questão de higiene e, sim, só por uma questão de machismo, racismo e misoginia mesmo! Se fosse por questões sanitárias, o lencinho pra pau seria um ótimo negócio e não é! Não adianta fazer perfumeninho, lencinho pra pau porque homens não usarão…’’pois isso é coisa de mulherzinha, itens como estes são coisas frívolas e fúteis, como as mulheres!”. E não escrevi isso de orelhada não, é só ler alguns historiadores e antropólogos que estudaram Idade Média, Renascença e Iluminismo e você entenderá essa construção social! Por fim, o falo/ pau todo poderoso já é iluminado, né, amores! O falo todo poderoso do mundo, templo augusto da verdade deve ter cheiro de Deus, de anjo…eles acreditam nisso! Mas pepeka fede! O que fede é o machismo de vocês! Pênis são tortos, também têm manchas, exalam seus cheiros naturais, exibem pêlos e muitos nem tomam banho direito…SUS tá aí dizendo que sim! Mulher tem que gostar de tudo, mas homens…ah esses homens modernos… eles gostam é de doce de delicatessen e pepeka até é um docinho maravilhoso, senhores e senhoras, mas a beleza e iluminação dela é tanta que vai além da batidinha Barbie-Nossa-Senhora-lisinha-jovem-rosa-branquinha. Pois é, acho que pepeka sempre foi demais em todos os tempos, por isso, sempre tentaram silenciá-la! De boas, tenham medo mesmo…vocês têm medo porque não conseguem é dar conta de tanto poder e iluminação!

Palmira Margarida é historiadora especialista em cheiros e emoções e ama pesquisar sobre aromas do corpo feminino. É sinesteta e come coisas só porque são amarelas, inclusive não-comestíveis. Ama viajar e captar os aromas das trilhas e das histórias dos lugares por onde passa. Cria aromas-artísticos e provocadores e você pode encontrar em www.perfumebotanico.com.br

facebook.com/casalquimica/

Like what you read? Give Palmira Margarida a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.