Pulso#2

o dia 27/05/2017 na Multiversidade

Pulso é o nome que damos aos nossos encontros quinzenais.

Era chegada a hora! Ia encontrar novamente todo aquele pessoal incrível que tinha conhecido fazia um mês durante a imersão da 1a turma da Multiversidade (isso porque eu não pude participar do Pulso#1- tive que trabalhar em uma feira que era no mesmo dia).

Era a hora de eu ver um pouco se tudo aquilo que tínhamos pensado fazia sentido de fato, no mundo real e para aquelas pessoas.


O dia começava cedo e já tinha uma agenda repleta. Iniciamos com um Check in enquanto alguns ainda iam chegando. A fala de cada um já começava a desenhar o que pode vir no dia que segue.

Isabela e Davi

Na sequência, iniciamos um grande círculo para falar de várias coisas: os Grupos de Cuidad0, o desafio "Mentor & Aprendiz do dia", a própria estrutura dos Pulsos e uma conversa sobre grana- isso mesmo, uma das preocupações era ver modelos econômicos mais alinhados com os valores do grupo.


Esse Pulso foi o primeiro que tínhamos visitantes de fora. Além de alguns curiosos, quatro mentoras vieram se apresentar:

Ana Carolina Guedes (mentora)

O Quintal de Trocas é uma das coisas incríveis feitas pela Ana Carolina Guedes. Essa pessoa cheia de energia e com tantas experiências colaborativas trouxe o pé no chão do desafio de fazer projetos inovadores em um mundo mais aberto.

A Adriana Teixeira é dessas pessoas que te inspira em uma frase. Com uma fala tranquila e generosa ela vai mostrando um caminho único de conhecimento transversal e encantador (esse é um dos projetos incríveis dela).

Tânia Savaget (mentora)

A Luiza Gianesella foi dessas figuras bacanas que encontrei recentemente quando comecei a frequentar o mundo da aprendizagem. Fizemos juntos um curso sobre Educação e Tecnologia no CPF SESC, e depois nos encontramos quando fomos fazer a apresentação da Multiversidade no CIEJA Campo Limpo. Atualmente ela trabalha no Projeto Arrastão.

Eu já era fã da carioca Tânia Savaget faz tempo. Na época que trabalhava com mídia, ela era minha autora favorita no BlueBus. Seus textos curtos com insights ou reflexões sempre traziam ideias novas sobre coisas que eu ainda não tinha pensado. Depois disso fui acompanhando o trabalho dela, sempre foda demais.


O dia ainda teve uma atividade proposta pela Camila Farias, que acabou se chamando constelação. Nela formaram-se grupos de aprendizes, e um dos aprendizes se apresenta e diz:
- Eu quero X e não consigo porque Y.

Nathalia, Felipe, Jade e Amanda em plena constelação.

Com essa informação, os outros aprendizes sugeriam ideias como aquela pessoa poderia conseguir o que tanto quer- ou seja, como a força do grupo pode te ajudar a desfazer crenças limitantes.


Com o Check Out terminou mais um Pulso e todos já tinham muito o que fazer pros próximos 15 dias. Eu tinha sentido como estava gostando daquilo tudo e queria poder me dedicar mais à Multiversidade.

__________________________________________________________________

As fotos que você viu são do Lucas Barone- mais sobre o projeto dele aqui.

www.multiversidade.org 
e também
www.facebook.com/multiversidadebr/