Lixo eletrônico — Proposta de Redação ENEM

Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo, em norma culta escrita da língua portuguesa, sobre o tema A tecnologia transformou o mundo e, com isso, transformou também o lixo. O descarte de materiais eletrônicos tem sido um problema mundial. Você usa e depois faz o quê? Como a sociedade está se preparando para descartar tudo aquilo que está usando? apresentando experiência ou proposta de ação social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para a defesa de seu ponto de vista.


Uma onça troy (31 gramas) de ouro vale atualmente cerca de US$ 1.150 no mercado aberto. O peso equivalente da platina está cotado em US$ 1.450. Os preços elevados estimulam a mineração, mas nem de longe cobrem o custo que isso impõe à saúde humana e ao planeta.

O mundo todo desperdiça cerca de 10 onças de ouro e cinco de platina a cada tonelada de telefones celulares que é descartada nos aterros sanitários ou que é incinerada

Alguém poderia dizer que o descarte do lixo eletrônico de alta tecnologia nos aterros sanitários é simplesmente outra forma de devolver esses metais preciosos à terra, onde, em poucos milênios, se fundirão ao subsolo tornando-se minérios como outros quaisquer. Contudo, além dos metais preciosos, o lixo eletrônico contém substâncias químicas de potencial tóxico, como chumbo, mercúrio, cádmio e retardadores de chama bromados. A curto prazo, a utilização de aterros sanitários, covas rasas ou incineradores para o descarte do lixo eletrônico resulta na liberação de produtos químicos nocivos, cujo impacto é negativo para os processos ecológicos, para a vida selvagem e para a saúde humana.

Há mais de uma década, os componentes metálicos preciosos do lixo eletrônico vêm movimentando de forma unilateral o comércio internacional de materiais de elevado potencial de risco, uma vez que os produtos eletrônicos descartados são exportados para países de mão de obra barata. Ali, a possibilidade de recuperar uma fração de uma onça de ouro ou de platina leva comunidades inteiras a fazer pouco dos riscos tóxicos e dos efeitos da exposição crônica para a saúde.

Os brasileiros entraram com grande entusiasmo na era da eletrônica, mas com pouquíssima disposição de reciclar o lixo eletrônico.

Segundo Ministério do Meio Ambiente, guardamos, no Brasil, 500 milhões de aparelhos sem uso em nossas casas. É muito lixo eletrônico. Quando se pensa em mundo, então, o número é mais impressionante.

O que se produz de lixo eletrônico por ano encheria tantos vagões de trem que daria a volta no planeta. A situação se agrava na proporção em que a vida útil dos aparelhos diminui. Um computador é trocado, em média, a cada dois anos. O celular, menos que isso (22 meses); a TV dura 10 anos; um DVD, entre quatro e cinco anos.

Isso faz com que o Brasil descarte, por ano: 97 mil toneladas de computadores; 115 mil toneladas de geladeiras; 140 mil toneladas de TVs; 2,2 mil toneladas de celulares; um bilhão de pilhas.

Nós já mostramos iniciativas públicas e de Organizações Não Governamentais (ONGs) para reciclar esse material que dão muito certo, mas o que muitos não sabem é que também existe a logística reversa — traduzindo: o produto volta para onde foi fabricado. É reciclado e reaproveitado, seja na forma de componente, seja como matéria-prima.

Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI116484-16366,00-A+POLEMICA+DO+LIXO+ELETRONICO.html

Instruções:

  • A redação deve ser postada no PERGUNTE! assim os outros membros e alunos podem ler e opinar sobre cada uma. Além disso a prof. Dani é nossa moderadora e as redações mais votadas receberão comentários dela.
  • O texto definitivo deve ser escrito em até 30 linhas.
  • A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou de qualquer outro texto terá o número de linhas copiadas desconsiderado.

Lembrem! Na hora da verdade, redação NOTA ZERO será a redação que:

  • tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada “insuficiente”.
  • fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.
  • apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos.
  • apresentar parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto.

Beijocas, boa redação e esperamos vocês no PERGUNTE!


Originally published at blog.mundoedu.com.br on July 9, 2015.