Music Log S01E03 - Remando

Chris em seu último show, em Detroit

Começa assim: você acessa a rede social e lê uma pessoa “comassim fulano morreu?” e aí você vai rolando, descendo e pinta a primeira fonte confiável, que confirma a morte. Vem o segundo link, o terceiro… e você para de rolar o Facebook, vai atrás de algo daquele fulano, de alguma coisa que ele fez que reverberou em sua vida. O Bowie, o Lemmy, o…

Ontem completamos 7 anos sem a voz do Dio. Hoje outro vozeirão se calou. Chris Cornell se suicidou. “Ah, mas tão jovem, tão bonito, tão rico e bem sucedido, tão famoso, tão….”

Essas coisas são efêmeras.

Sabe-se lá o que ele engolia sem contar à ninguém. O quanto sofreu em silêncio até o fardo pesar demais? Nunca saberemos.

Deixo abaixo a última música do Soundgarden que eu gostei. A letra… observem a letra.

Que descanse, e encontre a paz que foi lhe roubada em vida.


Eu não sei onde estou indo

Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar

Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar

Mover é respirar e respirar é viver
 Parar é morrer
 Você estará bem
 A vida é um martelo esperando pra bater
 À deriva no raso e o remo não pode parar

Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar
 Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar

Não consigo ver o céu, nada está no horizonte
 Não sinto minhas mãos e a água continua subindo
 Não posso dormir porque acordarei morto
 Eu só continuo rodando, só continuo remando

Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Eu não sei onde estou indo
 Só continuo rodando, tenho que remar
 Eu não sei onde estou indo
 Não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar

Remar é viver e viver é difícil
 Mas viver é melhor que perder tudo que nós somos
 Tudo que nós sabemos, e tudo que nós sentimos
 Tudo nós lembramos, imagine o real
 Tudo nós lembramos, imagine o real

Heeeeeey

Eu ouvi um eco, mas a resposta tinha mudado
 Da palavra que eu lembrava
 Que eu comecei a falar
 Viver é trapacear se você não está puxando remos
 O atual é sair,
 Eu consegui o meu (você conseguirá o seu)

Eu não sei onde estou indo só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar
 (yeah, conseguirá o seu)
 Não sei onde estou indo só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar

Heeeeeey

Remar é sangrar, sangrar é respirar
 Respirar é sentir, correr e congelar
 Eu estou sujo mas comecei limpo

Continuar remando e
 Continuar remando e
 Continuar remando e
 Continuar remando e
 Continuar remando e
 Continuar remando e
 Continuar remando e
 Continuar remando e
 Continuar remando
 Continuar remando

Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar
 Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar
 Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar
 Eu não sei onde estou indo
 Só continuo remando
 Só continuo rodando, tenho que remar


Gostou desse texto? Então me dê um pouco de amor deixando seu “” e compartilhe também com seus amigos nas redes sociais clicando no ícone logo abaixo. Caso queira conhecer minha casa, clique aqui. Geralmente estou facilitando pecados lá na página do meu site. Você também me encontra no Twitter e no Facebook.

Like what you read? Give Lewd D Sistinas a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.