Qual a sua bagagem?

Stock Up

Todo mundo tem uma bagagem. Algumas mais leves, outras mais pesadas, mas nenhuma maior do que se possa aguentar. Não me refiro a malas de rodinha, sacolas de viagem nem a mochilas. A bagagem que todas as pessoas têm, sem exceção, é a carga emocional. Todo mundo tem um passado, uma história que fez com que o indivíduo se tornasse o que ele é hoje. Isso inclui as mudanças pelas quais ele passou e o caráter que acabou se moldando de acordo com as situações vividas.

Alegrias, tristezas, conquistas ou perdas. A bagagem pode ser a ausência ou presença de alguém, a desistência de um sonho e até a saudade de uma vida que já passou. É fácil negar, dizer que a personalidade sempre foi assim. No entanto, tudo tem uma razão de ser.

Sou da opinião de que acolher a própria bagagem faz parte da aceitação pessoal. Não adianta negar o passado nem fingir que nunca aconteceu. Se a pessoa quer iniciar uma nova história, é preciso abrir a bagagem e tirar proveito do que está no interior. Independente das emoções que já se tem consigo, o importante é não se fechar ao mundo novo que está por vir.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Laura Gomes’s story.