Selene

In starlit nights I saw you
So cruelly you kissed me
Your lips a magic world
Your sky all hung with jewels
The killing moon
Will come too soon

Echo and the Bunnymen

É um defeito ou uma qualidade essa transição? Um dia de escuridão, outro de claridade. Sempre assim. Mas nem sempre a mesma coisa.

A única constante, além da própria mudança, era a distância. Era preciso ir embora antes da catástrofe, do pânico. Antes que alguém enlouquecesse com o silêncio ensurdecedor das coisas que nunca foram ditas.

Recorreu a um cigarro. Não gostava, mas precisava de algo amargo e anestésico. Jamais se acostumaria ao momento em que a luz vai embora, e era necessário ir para longe para lidar com aquela gravidez. Sentia esse desespero: da mulher que se descobre gestando um fruto que não é apenas seu, mas que agora está dentro dela, é sua responsabilidade e seu fardo.

Dessa vez tinha ido longe demais. Acreditou ter dominado as transições, depois de tantas. Saberia entender a próxima, saberia se adaptar a ela. Não, os ciclos não dependiam dela, nem poderiam ser dominados por sua análise metódica. De nada adiantou a devoção ao dia, ao Sol. Era a noite e a maldita Lua que a arrastava com seus touros por essa condição.

O carro chegou bem a tempo da última tragada. Era perfeito: conduzida noite adentro, sabendo onde iria chegar mas sem ser a dona do caminho. Uma metáfora justa para aquele momento tão conhecido. Ainda assim, por que não aceitava? Por que não se rendia? Por que ainda lutava e ficava acordada, esperando que o sinistro astro aliviasse o fardo? “É assim que as pessoas ficam loucas, é assim que nos tornamos suas lunáticas — é por confiar em você, falsa deusa”, blasfemou mentalmente.

Arrependeu-se logo do rancor. Lembrou de quantas vezes sentiu-se alimentada, forte e viva. De quando foi ela própria a força que agora a puxava.

É uma qualidade ou defeito?

Era ela. E isso bastaria. Era ela, minguando crescendo renovando. Ela.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gisele do Nascimento’s story.