[Review] Kokoro ga Sakebitagatterun Da ( The Anthem of the Heart -Beautiful Word, Beautiful World-)

Quando pensamos em drama japoneses a primeira coisa que vem à mente é horas de lágrimas, alguém morrendo e uma história com um final tão triste que beira o abismo da depressão.

Kokoro ga Sakebitagatterun da, ou Kokosake, é um anime diferente, que sai dessa onda estereotipada dos roteiros de drama, mas que consegue manter uma forte sensação de ternura que acalenta o coração.

Kokosake é uma emocionante e comovente história de superação dos arrependimentos de infância.

Quando Jun Naruse era apenas uma garotinha, ela tinha um sonho bem simples: sair do castelo encantado no alto de uma colina em sua cidade, ao lado do seu príncipe encantado.

O castelo era um hotel, um desses love hotel, temático e, um dia, em frente a entrada, Jun vê seu pai saindo de lá com uma mulher que não era sua mãe.

Conhecida por ser uma criança tagarela, Jun conta o que viu a sua mãe, o que leva seus pais ao divórcio. Não compreendendo por seu pai estava a deixando, ele responde que a culpa de tudo aquilo era dela, por ela falar de mais.

Abalada, Jun implora para que um príncipe encantando venha a salvar. Seu desejo se torna realidade e um príncipe em forma de ovo sela sua voz, dizendo que se ela algum dia viesse a falar alguma coisa, um grande mal iria lhe assolar.

Tomando a promessa, ou maldição, de coração, Jun nunca mais falou até a adolescência quando, em um evento na escola a escala junto com Takumi Sakagami, um jovem quieto que faz parte do clube de música, Natsuki Nido, uma prestigiada líder de torcida e Daiki Tazaki, o líder do time de baseball da escola que machucou o cotovelo, sua vida começa aos poucos a mudar.

Takumi aproximasse de Jun quando, em pequenos disparates, pronuncia algumas palavras e, quando ela revela sua história, decide ajudá-la. Jun segue o conselho de Takumi e descobre que pode cantar sem ter problemas, com isso passa a desejar que sua sala elabore um musical para que ela possa transmitir seus sentimentos.

Com essa premissa Kokosake poderia ser mais um anime romântico que gira em torno de Takumi e Jun, mas há algumas diferenças que o fazem bastante especial.

Primeiro é a maldição de Jun. O ovo, por mais estranho que pareça, é explicado nos momentos iniciais do anime. Na cidade há um templo em que supostamente o Deus que o rege gosta de ovos e histórias. Então é tradição as pessoas falarem tudo o que querem e o que pensam em um ovo e oferecerem ao templo.

Segundo é a forma como o anime desenrola sob o trauma da personagem. Tudo gira em torno da música sob a premissa de que ela pode transmitir os sentimentos. No fim toda a trama gira em torno do musical em que seus novos amigos a ajudam a superar seus problemas e, com isso, superar o problema de cada um deles.

O conflito de cada um, apesar de existir e ser expresso, não chega a ser tão trabalhado quanto o de Jun. Por ser um anime de aproximadamente 2 horas de duração, a ênfase encontrasse na voz perdida da personagem.

Ainda assim, do pouco que se é trabalhado os problemas de cada um dos outros 3 personagens centrais, é possível identificar-se com eles. Ainda que não sejam expressos constantemente, a maneira como elas são desenvolvidas ao longo da animação é suficiente para compreender o sentimento de cada um, especialmente de Takumi.

Kokosake é um anime diferente que gira em torno de um musical, de superações de traumas e, de certa forma, da maneira como aprendemos com nossos sentimentos, assim como a importância e o efeito de nossas palavras.

Diferente de um romance, ainda que existe o teor romântico, a relação amorosa é tratada de uma forma diferente e leve, mas não vou me estender no assunto para que não estrague.

Longe de ser um anime triste, melancólico ou catastrófico, Kokosake é um drama leve, mas que consegue transmitir um intenso sentimento afetuoso com seus personagens e suas histórias, especialmente de Jun. Isso faz com que a animação seja bastante fora do tradicional com uma história graciosa que envolve a música como um fator primordial para as mudanças.

Entre essas e outras que fez com que Kokosake fosse um dos finalistas na premiação de longas do Tokyo Anime Award Festival desse ano. Além disso, vale lembrar que a equipe de produção é a mesma do anime AnoHana, que também vale muito a pena assistir.

Infelizmente Kokosake não está disponível por streaming, nem conta com distribuição nacional. No ocidente a Aniplex licenciou o anime e a versão blu-ray importada pode ser adquirida diretamente pela loja deles, ou pela amazon. Ambas as versões limitada e standard estão disponíveis e possuem legendas em inglês.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.