Órfãos do Mega Filmes HD: tudo que é bom dura pouco

A Polícia Federal fez, na última quarta-feira (18), milhões de órfãos pelo Brasil, na operação que resultou na prisão dos donos do Mega Filmes HD, plataforma online de compartilhamento de séries e filmes.

O que somos? Viciados em séries. O que queremos? Ver nossas séries com ou sem legenda. Quando queremos? O mais rápido possível. Como queremos? Estuprando o F5 — Entendedores entenderão.

The Flash, TBBT, TVD, GofT, Agents of Shield, House of Cards, True Detective…. Já era!

Pesquisa: você, viciado ou não em séries, utilizador ou não do Mega Filmes, concorda com a operação da Polícia Federal? Calma, se você não sabe bulhufas sobre essa tragédia (nada comparada com o atentado em Paris e o desmoronamento em Minas, gente, não me ataquem), vou explicar rapidinho. Depois de ler, deixe uma nota.

Operação Barba Negra

O Departamento da Polícia Federal de Sorocaba (SP) deflagrou na manhã da última quarta-feira (18) a Operação Barba Negra, que tinha por objetivo cessar as atividades de uma organização criminosa que oferecia filmes, séries e documentários de TV, sem custo para o usuário final. O casal responsável pelo esquema foi preso.

Os números:

Segundo a PF, o site em que o material era disponibilizado ao público contava com mais de 150 mil filmes. Além disso, os responsáveis pelo projeto faziam transmissão de programas antes mesmo das estreias oficiais.

Estima-se que o site recebeu 60 milhões de visitas por mês no primeiro semestre de 2015, das quais 85% eram de brasileiros e 15% de países como Portugal e Japão.

A monetização:

De acordo com a Polícia Federal, a organização lucrava cerca de 70 mil por mês com publicidade. A lógica era simples: o usuário, para assistir o filme/série era obrigado a clicar em um anúncio.

Para o interessado em ver um filme no site, ele se via obrigado a clicar duas ou três vezes em publicidade e cada clique desse gerava uma receita para o responsável do site. Justamente por isso o foco vai ser tentar apurar quem é o responsável por pagar os mentores desse esquema criminoso, para financiar essa atividade criminosa, comentou o delegado da PF, Valdemar Latance Neto.
Esse site é considerado o maior site da América latina de pirataria, por isso, a Vara de Justiça de Sorocaba determinou que o Mega Filmes HD fosse retirado do ar no prazo de cinco dias, mas esperamos que essa ação judicial seja cumprida nas próximas horas”, afirmou o delegado.

Sem final feliz:

casal responsável pelo Mega Filmes HD — reprodução

O casal foi preso e outras cinco pessoas foram detidas na quarta. Os investigados serão indiciados pelos crimes prática de organização criminosa, com pena três a oito anos e multa, além de violação de direitos autorais.

O advogado do casal admitiu a administração do serviço, mas que eles não sabiam que o caso era tão grave e que, além disso, o mesmo esquema já havia sido operado no Japão: “Meu cliente chegou do Japão e lá essa prática é comum. Ele não imaginava que iria ser preso”, disse o advogado.

E os viciados em série?

Sentar e chorar.

Existem alternativas, mas nenhuma se compara ao Mega Filmes HD. Não vou indicar os sites, mas vocês sabem muito bem quais são. Tem um tal de seriesvideobb por aí, me falaram. Mas não sei de nada. Não falo nada.

Só consigo pensar em uma coisa:

O cachimbo da paz deixou o povo mais tranquilo
Mas o fumo acabou porque só tinha oitenta quilos
E o povo aplaudiu quando o índio partiu pra selva
E prometeu voltar com uma tonelada
Só que quando ele voltou, “sujou”
A polícia federal preparou uma cilada
“O cachimbo da paz foi proibido
Entra na caçamba, vagabundo, vamo pra DP
Êêê, índio tá fodido porque lá o pau vai comer”

O cachimbo da paz, Gabriel o Pensador