A música de Chuck Berry continuará a ecoar no Universo

"Para os criadores de músicas, de todos os mundos e tempos"

Muitas vezes músicos são agraciados com discos de Prata, Ouro, Platina e Diamante pelo número de vendas de discos. Há ainda uma premiação informal, o disco de Urânio, para os artistas que conseguiram vender mais de 50 milhões de cópias. Há 4 ganhadores do disco de Urânio:

Raphael (cantor espanhol)
Michael Jackson
AC/DC
Queen

Especula-se que o Pink Floyd também tenha atingido a marca de 50 milhões de cópias de discos, mas isso nunca foi confirmado. No entanto, poucos conseguiram a honra de conseguir entrar em um disco especial, que mistura Cobre, Ouro e Urânio. Não estou falando de número de vendas, mas sim, do disco de Ouro da Voyager.

Os discos de ouro da Voyager

São discos a bordo de ambas as espaçonaves Voyager, feitos de uma placa de Cobre banhada a Ouro. Além disso, uma amostra ultra-pura de Urânio-238 foi galvanizada na capa do disco. Como o Urânio tem uma meia-vida de 4,5 bilhões de anos é esperado que os discos durem bastante tempo…

Estes discos contém gravações de sons e imagens com a intenção de mostrar para quem (ou o quê) encontrá-las a diversidade de vida na Terra. Os discos de Ouro são como uma Cápsula do Tempo, mostrando para o Universo que estivemos por aqui. O comitê da NASA que escolheu o conteúdo dos discos era liderado por Carl Sagan. Ele e sua equipe reuniram 115 imagens e sons naturais, incluindo trovões, vento e o canto das baleias.

Sagan resolveu colocar músicas no disco de Ouro. Entre elas estão presentes composições de Bach, Beethoven, Stravinsky e Mozart. Algumas músicas populares da época também foram incluídas. Carl Sagan queria incluir “Here comes the Sun” dos Beatles, mas a gravadora da banda proibiu. Entre as músicas inclusas está Johnny B. Goode, de Chuck Berry.

Tradução livre:
Caro Chuck Berry,
Quando as pessoas dizem que sua música viverá para sempre, você pode ter certeza que elas estão exagerando. Porém, Johnny B. Goode está nas gravações anexadas à espaçonave Voyager — agora há dois bilhões de milhas da Terra e com destino às estrelas. Estas gravações vão durar um bilhão de anos ou mais.
Feliz aniversário de 60 anos, com a nossa admiração pela música que você nos deu para este mundo.
Go Johnny go,
Ann Druyan e Carl Sagan

No disco de Ouro da Voyager há a inscrição:

Para os criadores de músicas, de todos os mundos e tempos.

Chuck Berry foi um ícone da sua época, pioneiro do Rock, eleito o quinto maior artista e o sétimo melhor guitarrista de todos os tempos. Chuck faleceu (18/03/2017) aos 90 anos, mas sua música não morrerá.

Onde estaremos daqui a 1 bilhão de anos? Será que a Terra ainda estará viva? Será que nossa espécie será extinta? Não temos respostas para estas perguntas, mas uma coisa é certa: daqui um bilhão de anos Chuck Berry continuará ecoando pelo Universo com Johnny B. Goode.

Go Johnny go