Aggretsuko e os dilemas da vida cotidiana

No Japão, é verdade, mas que servem pra todos nós do ocidente também

Leonardo Fuita
Sep 4 · 2 min read

Aggretsuko é um anime de comédia baseado no personagem homônimo criado por ‘Yeti’ para a empresa de mascotes Sanrio. Sua adaptação mais recente saiu na Netflix em abril de 2018, com uma segunda temporada saindo agora em junho de 2019. Trata basicamente da vida de Retsuko, uma panda antropomorfizada de 25 anos e solteira, que trabalha em um escritório de contabilidade no Japão dos dias de hoje.

Lidando com frustrações diárias, ela tem o costume de ir até um karaokê próximo a sua casa para ‘desabafar’ suas emoções cantando deathmetal. Um lado que literalmente ninguém conhece, pelo menos no começo da série, e que é guardado a sete chaves como seu segredo pessoal. Porém sua vida começa a mudar quando ela percebe que está muito insatisfeita em seu trabalho e também com sua vida pessoal, passando então por uma série de transformações durante o anime.

Esse é o típico anime que você olha imagens, você até da uma olhada no trailer, e no final acha que provavelmente deve ser muito idiota ou genérico para caramba. Só que não é bem assim. Aggretsuko é uma das surpresas mais interessantes dos últimos tempos que eu assisti. É um anime que une a estética infantiloide com temas extremamente atuais e que todos nós, principalmente que estamos entrando nessa vida adulta, podemos nos relacionar muito bem.

Logicamente que utiliza um ambiente e uma cultura oriental, afinal é feito e baseado no Japão, mas mesmo assim conseguimos nos relacionar por causa de dilemas e de situações que acontecem o tempo todo com a Retsuko. Desde um chefe abusivo que a rebaixa pelo simples fato de ser mulher às colegas fofoqueiros que espalham bobagens para todo o escritório. Além de dilemas sobre o que ela quer da vida e, por exemplo, sobre como a mãe acaba afetando a vida dela mais do que deveria.

Unindo esses temas extremamente adultos com a estética infantil e os personagens absurdamente carismáticos chegamos a um anime simples e ao mesmo tempo com temas pesados, além de muito divertido e relacionável com o que todos nós vivemos. Mostra como a solidão não é interessante, como os amigos são importantes para a nossa vida, como entrar em um relacionamento somente por querer ficar com alguém pode ser ruim e como as pessoas são muito mais complexas do que parecem em um primeiro momento e na vida cotidiana. Aggretsuko é um anime para literalmente todo mundo. Esqueça um pouco dos preconceitos e assista, porque com certeza você não vai se arrepender.

NEW ORDER

Produção colaborativa de histórias e tendências para instigar você. Somos a primeira e maior publicação brasileira no Medium, vamos juntos?

Leonardo Fuita

Written by

27 anos; eng eletricista; mba em marketing; tricolor; otaku e arroz de festa. contato: leonardopfuita@hotmail.com

NEW ORDER

NEW ORDER

Produção colaborativa de histórias e tendências para instigar você. Somos a primeira e maior publicação brasileira no Medium, vamos juntos?

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade