Por que você gosta tanto de anti-heróis e vilões e o que eles representam na cultura contemporânea?

“Eu não estou em perigo, eu sou o perigo.”
— Walter White

A humanização da vilania

Breaking Bad, cena do episódio 06 “Cornered”, da 4ª temporada.

A relação entre o encanto por bad boys e a psicologia

Image for post
Image for post

Existe um elo incontestável entre o fascínio por vilões e anti-heróis e a história do homem.

O homem consome violência por meio dos produtos da cultura para compensar a falta dela no cotidiano. Desta forma, supre o seu lado primitivo.

Séculos de desgraças refletidos numa geração pós-moderna

“A ficção permite que outros sejam os monstros que nós somos.” — Rodolfo Viana

Image for post
Image for post
Image for post
Image for post

Written by

Content Strategist, Research & Insights. Faminto por novas ideias e boas conversas. Estou na newsletter (E)MANA LGBTQ+ http://bit.ly/emanaLGBTQ

Sign up for NWORDR420

By NEW ORDER

Newsletter em 7min de leitura prática e conhecimento acelerado. Discussões sobre nossa sociedade em primeira mão, para você. Take a look

By signing up, you will create a Medium account if you don’t already have one. Review our Privacy Policy for more information about our privacy practices.

Check your inbox
Medium sent you an email at to complete your subscription.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store