Nossa grama verde: um manifesto de apoio ao que é local

Belo Horizonte abriga uma diversidade de iniciativas que dialogam com as áreas da cultura, gastronomia, política, tecnologia, direitos humanos, educação, meio ambiente e saúde. Novos projetos, pequenos negócios, estabelecimentos, coletivos e movimentos nascem a cada dia, revelando a cidade como um lugar de infintas possibilidades. Essa multiplicidade mostra como Beagá é um lugar vivo e plural, de leste a oeste, de norte a sul.

Perceber e valorizar as iniciativas locais que reinventam e ressignificam nossa cidade é urgente. Sua prosperidade depende disso. Por isso, iniciamos agora um movimento de reconhecimento e valorização de iniciativas locais em BH. Queremos fortalecer a conexão entre quem cria e produz na cidade, dar visibilidade para o que surge aqui e incentivar habitantes locais a enxergarem a importância dessas iniciativas para a construção de um cenário local vibrante, criativo e diverso.

Acreditamos que essa mudança começa com o reconhecimento de que nossa grama é verde.

Mas para começar: como definimos “iniciativas locais”?
Caracterizamos como iniciativas locais negócios, projetos, movimentos ou estabelecimentos que surgiram dentro dos limites da cidade de Belo Horizonte, onde têm sede e/ou realizam a maior parte de suas atividades. Quer tenham fins lucrativos ou não, essas iniciativas não nasceram do poder público. A decisão sobre qualquer questão relativa ao funcionamento da iniciativa cabe às pessoas que participam dela localmente.

Ao consumir, frequentar, recomendar ou fortalecer uma iniciativa local, estamos construindo uma comunidade mais consciente com o meio ambiente, fortalecendo e diversificando a economia local e promovendo o engajamento com a cidade. São esses os três motivos que fundamentam nosso movimento:

1. Iniciativas locais geram menor impacto no meio ambiente.

Menores deslocamentos com logística impactam menos o trânsito e também emitem menor quantidade de gases poluentes. Muitas vezes, essas iniciativas também não geram poluentes industriais.

2. Iniciativas locais fomentam a economia do entorno.

Tipicamente, negócios locais utilizam mais serviços e fornecedores locais em sua cadeia. Eles também criam mais empregos e oportunidades. Gastar o seu dinheiro localmente mantém a riqueza na sua comunidade e tem um efeito multiplicador na prosperidade das iniciativas e habitantes.

3. Iniciativas locais são mais engajadas com a cidade.

Elas são criações de moradoras e moradores da cidade que possuem vínculos mais fortes com a comunidade e, por isso, maior potencial para serem agentes de transformação. Frequentemente, essas pessoas contribuem para melhorar a qualidade de vida local e investem mais na comunidade.

Onde queremos chegar e como?

O caminho para conquistar um cenário de reconhecimento, valorização e orgulho do que é daqui não é único nem óbvio. Entre a multiplicidade de possibilidades, temos uma certeza: sua construção é constante e coletiva. Por isso, reunimos diversas iniciativas locais de Belo Horizonte para a criação desse manifesto que dá origem ao movimento Nossa Grama Verde. Construímos juntos os pontos norteadores que nos guiarão daqui pra frente:

- Caminharemos com intencionalidade, paciência e positividade. Acreditamos que pequenas mudanças fazem grande diferença.
- Vamos cultivar o olhar do estrangeiro dentro da nossa própria cidade. Teremos os olhos e o coração abertos para BH, conversaremos com as ruas da cidade. Redescobriremos a cidade a cada dia e incentivaremos outras pessoas a fazerem isso também.
- Acolheremos iniciativas que representem todas as regionais da cidade. A Nossa Grama Verde é aberta e busca a descentralização e troca entre os territórios de Beagá. Queremos unir habitantes das diversas áreas da Grande BH vibrando por um lugar comum vivo, criativo e próspero.
- Nossa força vem da união: vamos nutrir nossas conexões para alcançar mudanças coletivas e comuns. Teremos a solidariedade, a horizontalidade e o respeito às diferenças como princípios e agregaremos iniciativas que os respeitem. O impacto positivo que surgir desse movimento pertence a toda a cidade e seus habitantes.
- Daremos coragem e força a novas iniciativas locais. Seremos pontos de conexão e incentivo para quem quiser fazer parte e se apropriar do movimento.
- O Nossa Grama Verde é feminista. Trabalharemos pela equidade de gênero e pelo respeito à diversidade sexual em todos os âmbitos, bem como pela observância dos direitos humanos e interseccionalidade.
- Agiremos com menos ego, multiplicaremos empatia. Acreditamos que saber se colocar no lugar do outro é uma importante forma de quebrar barreiras e fortalecer conexões.
- Como indivíduos, seremos responsáveis por colocar em prática as mudanças que estão a seu alcance. Buscaremos apoio no coletivo, sem esquecer do nosso poder de transformação individual.
- Conservaremos o que nos faz individualmente singulares bem como as iniciativas que representamos. Estamos unidos pelo desejo comum de revelar a pluralidade e a riqueza que existe em Belo Horizonte. O Nossa Grama Verde quer fortalecer o todo, sem tirar força do que caracteriza cada unidade.
- Sonharemos grande, mas não deixaremos nossa visão paralisar nossas ações. Acreditamos que a mudança acontece nas soma de ações cotidianas. A utopia está lá no horizonte e no caminhar.

Quem assina este manifesto até agora

A Autêntica
A Cena Acena
Academia do Café
Adorna
Ai, que amora!
Alimentos do Reino
Alnitak Projetos
Amadoria
AmaiLuz Terapias
Antar Naad
Antiquário Cenário BH 
Aqui Não
Aqui Pertim
Arca Cultural
ArCO Design 
Ateliê da Música
Baile da Teresa
Baixo Ventre
Bandeira Branca Produtora
Beagá Cool
BeGreen
Benfeitoria
Biodanza Adriana Pirola
Bicho do Mato
Bonitonas Blog
Bordô Bordados Personalizados
Botequim da Liberdade vegano 
Bruna Zanetti Atelier
Café Américo Fábrica Aberta 
Califórnia Cultural
Casa Camelo
Casa Imaginária 
Casa Piauí 868
Casa Viva Educação e Cultura
Carlos Queiroz
Chá Bless
Chá Comigo
Cobalto
Companhia Teatro Adulto
De Quem É? 
Design&Patchwork by Flora Iscold
Dilis Delícias Saudáveis
DoceRê 
DUIM
Duke ’n’ Duke
Educação Harmônica
EIDEA Consultoria e Psicologia 
Essamulher 
Espaço Comum Luiz Estrela
Estúdio Copo
Estúdio Triciclo
Evoé Incentivo Cultural

FA.VELA
Feira Fresca 
Galeria Déjàvu 
Grama — roupas ecológicas
Grata à Luz
Gruê Tapas e Restaurante 
Grupo Quinto 
Gustavo Gontijo Art 
Hermética
Impact Hub Beagá
Ina Produtos Naturais
In Plants
Leve Gentileza
Lívia Limp Roupas Reinventadas
Lola de Poá 
Lyz Beltrame Joias
Madre Pães Artesanais
Malhas Tensionadas
Manjê
Mezzé — Geleias, pastas e antepastos 
Moda Ética
Música Mundo
NEPHEW
Nossa Cidade
Nossos Quintais
Nuu Shoes
Ôdicasa Comes e Bebes
O Colecionista
O SOMOS
Pelas Mãos 
Pelicano
Perestroika BH
PicNic.Se 
Projeto Sustentarte
Próxima Parada — blog de viagens e gastronomia
Quem
Radio Deriva
Raphael Ferreira 
Review Slow Living
Seat Post Ciclooficina e Café

Seccos e Molhados
Seu Pechincha
Shake Shake 
Siricutico Delícias Caseiras
Terra da Sobriedade
Über Trends
Umami Paladares
Variável 5
Vestíveis Urbanos
YouUp
We Care Movimento
Zafoo

Você também faz parte de uma iniciativa local em BH e concorda que nossa grama é verde? Preencha este formulário para que o nome da sua iniciativa seja incluído aqui: bit.ly/assinarmanifesto. Tem alguma sugestão pro manifesto ou pro movimento? Mande pra gente pelo nossagramaverde@gmail.com.

Você mora em BH e concorda que esse é um caminho para viver em uma cidade vibrante, diversa e próspera? Clique no coraçãozinho abaixo para que esse manifesto chegue a mais pessoas, compartilhe nas redes, mande pra todo mundo!