Projeto Nossa Quebrada

Protagonismo jovem na rede. Na prática!

Os smartphones fazem parte da rotina de muitas pessoas, tanto para troca de mensagens como para o compartilhamento de imagens em mídias sociais. Diante disso, nosso coletivo vislumbrou a possibilidade de desenvolver um projeto que se utilizasse destes dispositivos móveis em oficinas de fotografia, direcionadas aos alunos de escolas públicas da cidade de São Paulo.

Se os smartphones são utilizados por tanta gente, sobretudo os jovens, por que não utilizá-los no projeto?

As escolas são escolhidas a partir do Mapa da Educação SP. Através de workshops e oficinas de introdução à fotografia digital, o projeto visa sensibilizar o olhar de jovens estudantes sobre suas comunidades.

Os alunos utilizarão seus próprios smartphones como equipamentos para a captação de imagens, que consistem em fotografias digitais relacionadas à arquitetura de suas comunidades e que serão posteriormente compartilhadas através da plataforma digital Arquigrafia.

Pelas lentes do telefone celular, os jovens captam e compartilham imagens de suas comunidades
A arquitetura das periferias: casas de alvenaria e muros coloridos

Deste modo, estimula-se a participação dos jovens estudantes como produtores e difusores de conhecimento. Isso é protagonismo na prática!

Folder de divulgação (parte externa)
Folder de divulgação (parte interna)

________________

Fotos 2 e 3: Marcia Basile. Oficina de fotografia com celular, ministrada por Daniela Cordeiro, na Casa de Cultura de São Mateus, São Paulo (SP)