Nov3
Published in

Nov3

Por gerações colhendo rentabilidade e inteligência com a agricultura de precisão

Família Kojima com a sua frota 100% John Deere, em Jataizinho.

A década de 30 ficou marcada no Brasil pelo aumento da chegada de imigrantes japoneses, que desembarcavam no país em busca de novas oportunidades. O sonho de conquistar uma vida melhor por meio do trabalho em terras desconhecidas era influenciado pelos parentes, que já haviam emigrado e eram bem-sucedidos. Entre as milhares de famílias que chegaram, destacamos a Kojima. Alguns de seus descendentes vivem até hoje do trabalho no campo, em uma propriedade em Jataizinho, cidade do Norte Pioneiro Paranaense.

Foto: Bianca Costacurta/Nov3

“Quando os meus avós vieram do Japão, em 1937, eles chegaram no estado de São Paulo. Depois vieram para cá e compraram essa propriedade”, conta o atual proprietário da terra, Carlos Kazuo Kojima, o Carlão, como é chamado por todos os amigos. A tradição agrícola acompanhou a família nestes mais de 80 anos de trabalho no campo.

O Sítio Kojima possui um diferencial muito interessante. Ao chegar lá, além do imenso e vasto campo de trigo, nos deparamos com uma frota completa de máquinas agrícolas de última geração. “A John Deere tem o lema ‘Por Gerações’ e é o caso da família Kojima, que chegou na região na década de 30. São imigrantes japoneses e por gerações eles vêm crescendo cada vez mais”, disse o gerente de pós-vendas da Horizon John Deere — concessionária John Deere na região –, Filipe Stremlow. Durante todo esse tempo, uma coisa é fato! Além da tradição da família Kojima, as máquinas agrícolas, de lá pra cá, também acompanharam as pessoas em suas necessidades. “Esse maquinário exige pouca manutenção e quando a gente precisa, eles estão lá para nos ajudar”, diz Kojima.

Carlos Kojima em sua propriedade. Foto: Bianca Costacurta/Nov3

A Agricultura de Precisão

Assim como o mundo evolui, as máquinas agrícolas seguem o mesmo caminho, com inovações que tornam o trabalho muito mais rápido, preciso e econômico. A Agricultura de Precisão é, basicamente, um conjunto de tecnologias e instrumentos que ajudam o produtor a conhecer melhor a sua propriedade, dando informações precisas e completas para um melhor gerenciamento do trabalho.

Estar atento a tudo o que acontece em torno da tecnologia para o trabalho no campo é fundamental, pois além de facilidade, ela garante mais economia. “Com a tecnologia a gente vê certinho onde tem que melhorar, até mesmo no plantio. E a lavoura começa no plantio. Se ele não for eficiente, a gente não vai colher bons resultados no final”, comenta o sobrinho de Kojima e engenheiro agrônomo, William Tsuyoshi Ogasawara, se referindo ao maquinário adquirido pela família na Horizon John Deere.

A frota John Deere. da família Kojima. Foto: Bianca Costacurta/Nov3.

Estar atento às novidades também significa aproveitar todas as oportunidades. E o Carlão soube aproveitá-las bem. Na última Feira Original John Deere, realizada no dia 19 de maio na Horizon, ele adquiriu tratores de última geração com a reserva que havia feito na safra anterior. “Na verdade, eu não iria comprar nada agora. Mas como eu tinha uma reserva, investi. Outro motivo foi pelo bom preço oferecido”, comenta ele, que possui a frota completa da marca em sua propriedade e as exibe com orgulho.

“A gente tem orgulho, né, de poder sempre comprar um maquinário moderno. Ultimamente venho conseguindo comprar máquinas de última geração. Tenho trator, pulverizador, colheitadeira e minha última aquisição foi um trator com piloto automático, para poder acompanhar a evolução”, fala Kojima, se referindo à tecnologia que nunca para de impressionar.

William Ogasawara. Foto: Bianca Costacurta/Nov3.

Uma das principais características da Agricultura de Precisão da John Deere é a economia, de custos e de tempo também. “Eu acho que a tecnologia só vem para agregar no dia a dia. Isso porque a tecnologia aumenta e, consequentemente, a mão de obra diminui. Então, como a gente trabalha em poucas pessoas aqui, quanto mais tecnologia existir, será mais fácil de administrar tudo”, completa William.

A tecnologia influencia na qualidade do grão?

O Gestor de Insumos e Grãos da Belagrícola, Nelson Hideo Saito, garante que com o avanço da tecnologia a qualidade do grão também foi beneficiada “O Carlos, mesmo na época em que trabalhava com uma máquina convencional, sempre possuiu um produto com uma qualidade diferenciada em relação à média geral. Agora, desde que começou a operar com máquina com rotor, essa mudança ficou ainda mais evidente”, falou.

Esse progresso só tende a aumentar e não existe outro caminho a ser seguido. “A evolução hoje é muito rápida e a mudança de cenário na agricultura é muito grande”, afirmou Saito, garantindo ainda que em um futuro não tão distante só vão permanecer no segmento aqueles que se profissionalizarem e souberem aproveitar essas tecnologias.

Matéria: Katiuscia Mizokami.

--

--

--

Novidades do mundo da Comunicação, tecnologia e design

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
NOV///

NOV///

#design #tecnologia #comunicação

More from Medium

The Correct Corolla

Employee Spotlight: Sasha Rampersaud, Protect Operations Manager

Suggestions and remediation tackling Docker’s Out Of Memory errors.

How is V2G Transforming the Future of the Electric Grid?

V2G with Ampcontrol’s charging optimization software