Manter um orçamento é fundamental para ter uma vida financeira saudável

7 dicas para organizar o orçamento

Numbrs Brasil
May 30, 2017 · 3 min read

Não dá para pensar em saúde financeira sem um orçamento organizado. Confira, então, estas dicas para conquistar o controle sobre o seu dinheiro.

Você sabe dizer quanto gastou no último mês? E quanto dinheiro já está comprometido com dívidas nos próximos meses? Manter um orçamento organizado é o primeiro passo para o bem da sua saúde financeira.

Conhecer ao certo suas receitas e despesas, ser capaz de prever seu saldo nos próximos meses e identificar gastos desnecessários são pontos fundamentais para quem deseja assumir o controle sobre o próprio dinheiro, planejar o futuro e realizar sonhos. Por isso, se você ainda não tem as finanças organizadas, confira estas 7 dicas para colocar o orçamento em ordem.

1) Tome iniciativa

Viver em negação com dinheiro não fará sua vida financeira melhorar automaticamente: só com consciência será possível colocá-la nos eixos. Por isso, para começar a se organizar financeiramente é preciso iniciativa. Assuma o compromisso de encarar a realidade e separe algumas horas para dar início a esse plano.

2) Organize as receitas e despesas

Agora é hora de partir para a organização financeira em si. Para que esse processo seja mais eficiente, é interessante que você use alguma ferramenta de controle, que pode ser uma planilha ou aplicativo específico.

Comece enumerando todas as receitas obtidas no mês, com salário, pagamento de aluguéis e freelas, por exemplo. Pode parecer fácil, mas a verdade é que muita gente não sabe dizer ao certo o total dos seus ganhos. Em seguida, você deve anotar as despesas, tanto as fixas quanto as variáveis. Não é preciso anotar absolutamente tudo o que gasta, mas quanto mais de perto você conhecer esses valores, mais fácil será controlá-los.

Repetindo esse processo mensalmente, você conseguirá ter uma noção muito mais clara da sua média de gastos.

Organizar gastos é chave para conseguir gastar menos do que você ganha

3) Use a regra dos 50/30/20

Com esses dados em mãos, será possível analisar o seu orçamento. Existem alguns métodos para isso e um deles é o dos 50/30/20. Essa regra diz que 50% da sua renda deve ser destinada às despesas essenciais — ou seja, aluguel, energia elétrica, água… -, 30% aos gastos supérfluos, como compras e lazer, e os últimos 20% devem ser reservados para investir.

Essa regra pode oferecer bons indícios sobre a sua vida financeira: mostrando a origem dos maiores desequilíbrios e onde você pode cortar gastos.

4) Faça uma previsão de gastos

Com as receitas e despesas anotadas, você será capaz também de fazer uma previsão de gastos para os próximos meses. Essa perspectiva é fundamental para controlar melhor o seu dinheiro e planejar o futuro.

5) Identifique quais gastos podem ser cortados

Observando seu orçamento, será mais fácil perceber onde há margem para corte e renegociações no seu orçamento. Uma anuidade de cartão de crédito ou mensalidade de academia, por exemplo, podem estar pesando mais do que o necessário no seu bolso. Se esse for o caso, reveja quais são as suas prioridades.

Repensar gastos periodicamente é uma medida essencial para evitar despesas desnecessárias.

6) Veja quanto pode poupar por mês

Nesse ponto, você terá noção de quanto do seu dinheiro já está comprometido e quanto consegue economizar fazendo cortes. A próxima pergunta a ser feita agora é: quanto você consegue poupar todo mês? Aqueles 20% dos 50/30/20 ainda estão distantes? Então comece poupando o possível e vá subindo essa porcentagem conforme possível. O mais importante é abandonar a ideia de “guardar o que sobra” e realmente se comprometer a guardar dinheiro.

Reunir esforços para fazer sua poupança crescer é fundamental. É com essa reserva que você conseguirá se proteger de emergências, construir patrimônio e conquistar objetivos.

7) Estabeleça metas

Com a vida financeira organizada, é hora de pensar no futuro. Ou seja, definir quais são os seus objetivos. Se você tiver dívidas, quitá-las deve ser a sua meta. Se tudo estiver sob controle, comece a definir seus planos: de curto, médio e longo prazo. Com os objetivos definidos, você poderá escolher os melhores investimentos para ver o seu patrimônio crescer e realmente traçar um plano de ação para conquistar o seus sonhos.

Numbrs Brasil

Sua vida financeira simplificada

Numbrs Brasil

Written by

Sua vida financeira simplificada

Numbrs Brasil

Sua vida financeira simplificada

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade