Tudo o que você queria saber sobre sucos e nunca te contaram

Chegou a hora de descobrir o que você está levando para casa ou colocando na lancheira dos seus filhos

A grande variedade de sucos, marcas e embalagens atrativas podem acabar confundindo e gerando muitas dúvidas na hora de escolher os sucos. Como descobrir se está consumindo a opção mais saudável? Separamos algumas dicas simples que irão te ajudar na hora de tomar essa decisão.

1. O que está escrito no rótulo?

A palavra suco é usada como uma forma genérica entre as pessoas para se referir a bebidas à base de frutas e por isso, acaba dando a impressão de que muitas opções a venda nos mercados são tão saudáveis como um suco feito em casa. Mas infelizmente não. Por isso, antes de qualquer decisão, a leitura da embalagem é fundamental. Estará escrito no rótulo se aquele produto é:

- suco integral

- néctar

- refresco

- preparado sólido para refresco

- concentrado/preparado líquido para refresco

2. Está escrito “suco” na embalagem, posso escolher sem erro?

Já existem nos mercados boas opções de sucos 100% fruta, ou seja, que realmente não possuem nada além do suco da fruta, os chamados “sucos integrais”. Mas é importante sempre olhar a lista dos ingredientes pois algumas marcas aparecem no rótulo como 100% suco mas possuem a adição de alguns ingredientes como vitaminas, fibras, aromatizantes, ácido cítrico. Como descobrir isso? Se for mesmo 100% suco terá apenas o suco da fruta como ingrediente.

Um suco natural, feito em casa apenas com frutas, normalmente tem um prazo de validade mais curto e temos que armazená-lo na geladeira, não é? Da mesma maneira, aqueles sucos de garrafas que estão na parte refrigerada dos supermercados terão uma maior chance de serem 100% suco.

Dica Nutrebem: ter fotos de frutas na embalagem não é sinal de que aquela bebida é natural! Para ser considerado suco, a bebida tem que ter mais da metade (50%) de polpa, que é a parte comestível das frutas e estar declarado como “suco” na embalagem.

3. O que é néctar?

Quando começar a ler as embalagens, irá notar que muitos produtos são néctar da fruta. Para muitas pessoas o termo néctar pode soar como sendo a parte mais “suculenta” da fruta, ou seja, se um suco é “néctar” é porque só usa fruta de verdade. Mas essa impressão não é real e infelizmente os néctares são o tipo mais comum encontrado nos supermercados, normalmente vendido em caixinhas ou latas.

Os néctares de frutas possuem apenas de 20% a 30% de polpa de fruta. O restante são outros ingredientes como água, açúcar ou adoçante, conservantes, corantes e aditivos.

fonte da imagem: revista Viva Saúde

4. E as opções para diluir (concentrada e em pó), não é como se fossem a fruta desidratada?

Não! Na verdade, estão bem bem distantes de um suco saudável.

Só lendo a embalagem já descobrimos que normalmente essas opções são um “preparado sólido/líquido para refresco”, ou seja, praticamente não possuem polpa de fruta (em média de 2 a 10% de polpa), além da adição de uma boa quantidade de açúcar e diversas substâncias químicas como aromatizantes, corantes, conservantes.