Faça amor com você mesmo

Você é a pessoa mais importante da sua vida. Então por que deixar para se amar só com a aprovação dos outros?

Quando eu era mais nova eu achava que quem se amava, quem gostava e cuidava de si mesmo era sempre visto ou rotulado como exibido e cheio de si. Então minha prioridade nunca foi me conhecer e me amar, e sim evitar que falassem de mim com os mesmos comentários que eu ouvia sobre outras pessoas.

Então ela, a maturidade, demorou um pouco mas me ensinou que me amar não tem nada a ver com como os outros me percebem. É um sentimento que só diz respeito a mim e que está unicamente a meu serviço. Amor exclusivo e sem limites, 24/7.

Tem uma analogia ótima que costumo explorar quando se fala em amor próprio. É aquela história de colocar primeiro em si a máscara de oxigênio em caso de despressurização em aeronaves. Não é uma questão de salve-se quem puder. O ponto é que sem estar em plenas condições, você não consegue ajudar a mais ninguém.

Assim acontece com os sentimentos que as pessoas nutrem sobre si mesmas. Por isso, repito: faça amor com você mesmo.

Seja gentil com seu corpo quando ele cansa. Seja compreensivo com a sua raiva quando ela aparece (e tente fazer as pazes). Cuide-se como se você fosse o “insira aqui um objeto pelo qual você tem apego e cuidado extremo” (tipo aquele smartphone pelo qual você pagou os olhos da cara e ainda está sem marca nenhuma de uso).

Tenha prazeres sem culpa, sejam eles físicos ou emocionais. Invista em você e não poupe esforços para realizar aquilo que você quer. Pratique aquilo que gosta!

ilustração por Andrea de Santis

O amor próprio beneficia a todos ao seu redor, deixa as pessoas mais felizes e mais completas. Ele facilita todo e qualquer relacionamento que se tem com pessoas, animais e a vida em si. Assim é possível expandir esse sentimento ao próximo e também sentir o afeto e a admiração que vêm de fora. Por fim, fica muito mais fácil bloquear aquilo que não lhe serve.

Ame quem você é e seja a pessoa que você ama.


QUER SER PUBLICADO PELO CENTRO?

Se você se sentiu à vontade no Centro, gosta do Medium e, acima de tudo, ama escrever, então seria um prazer ter você aqui produzindo conosco. Escreva para bemvindoaocentro@gmail.com e nos conte sobre suas ideias.