Já passou da hora de arrancar

“Ó, Tricolor!”
Foto: André Durão

Os próximos cinco jogos serão decisivos para o São Paulo: mesmo fora da zona de rebaixamento — por ora, já que a Chapecoense está com um jogo a menos — , a preocupação continua e domingo teremos mais um confronto direto com um time que luta também para não cair: o Avaí, na Ressacada. Com um futebol que ainda não empolgou, este será o jogo mais importante até então, devido aos tropeços bobos contra o Atlético-GO, Coritiba e Bahia.

Uma sequência complicada, principalmente para times na zona da degola, é um pesadelo para qualquer treinador. Após o embate de domingo, teremos Palmeiras e Vitória — fora de casa — , Ponte Preta e Corinthians, ambos no Morumbi. São três confrontos diretos e dois clássicos. Um triunfo contra os catarinenses é vital para bons resultados nessa sequência.

Nos clássicos, tudo conspira contra nós. O péssimo retrospecto tricolor no Allianz Parque e o excepcional futebol jogado pelos corinthianos tiram a esperança de qualquer são-paulino que seja minimamente realista. Entretanto, se conseguirmos empatar esses confrontos e ganharmos os três “jogos dos desesperados”, temos grandes chances de arrancar. Já é hora.

As contas continuam. Precisamos de 24 pontos para passar do ‘corte de 45’. Antes de tudo, necessitamos de uma vitória contra o Avaí. O jogo de domingo é vital para o restante do segundo turno. Vamos em frente. Unidos pelo São Paulo Futebol Clube.

Um-dois

Centroavante: Pratto está suspenso após ser expulso no fim da última partida. Gilberto, artilheiro do time no ano juntamente com o camisa 14, acumulando 12 gols — e que entrou muito bem contra o Cruzeiro — será o titular. Aos que criticavam o argentino, aí está a oportunidade para Gilberto brilhar e nos presentear com alguns gols.

Recorde de público: Pela terceira vez nos últimos 5 jogos, quebramos o — nosso próprio — recorde de público no Campeonato Brasileiro. Com 56.052 presentes no Morumbi, a torcida cumpriu seu papel, empurrando o time para uma vitória importantíssima.

Hernanes: O Profeta decidiu mais uma vez. Foi primoroso nas bolas paradas e garantiu a vitória contra o nosso freguês de Minas Gerais.

P.S.: O camisa 15 já tem mais gols que Borja no Brasileirão. Risos.

Foto: Reprodução Premiere

O CONTRA-ATAQUE apresenta: “Ó, Tricolor!”, uma coluna do São Paulo Futebol Clube.